Notícias | Dia a dia
Em final brasileira, Gustavo Almeida conquista 1º ITF
06/06/2022 às 14h00

Gustavo de Almeida superou Matheus de Lima na decisão do torneio na Bolívia

Foto: Arquivo

Tarija (Bolívia) - Em uma final entre dois brasileiros, o paranaense Gustavo de Almeida conquistou seu primeiro título no circuito mundial juvenil da Federação Internacional. Ele venceu o ITF J4 de Tarija, na Bolívia, em quadras de saibro, vencendo na decisão o também paranaense Matheus de Lima por 3/6, 6/1 e 7/5.

A final disputada no último sábado foi o único jogo da semana em que Gustavo precisou de três sets. Ele venceu em sets diretos os bolivianos Cesar Otondo e Grover Vargas Fernandez nas duas primeiras rodadas, depois passou pelo colombiano Juan David Robayo nas quartas e venceu uma semifinal brasileira contra Rafael Sbeghen Sabio por 6/2 e 6/1.

Os quatro semifinalistas da chave masculina foram brasileiros, já que Matheus de Lima vinha de vitória sobre Kauã Cressoni por 7/5 e 6/3. Principal cabeça de chave do torneio, Matheus também venceu o argentino Romeo Arcuschin, o boliviano Gabriel Ticona Sainz e o argentino Luca Miremont.

O título rende 60 pontos e 108 posições no ranking para Gustavo de Almeida, que assim supera sua melhor marca. Ele era o 446º no ranking e agora ocupa o 338º lugar. Matheus de Lima recebe 36 pontos, saltando do 320º para o 287º lugar. Já Cressoni e Sabio ficam com 18 pontos.

Nas duplas, Kauã Cressoni e Matheus de Lima foram campeões vencendo os argentinos Nikos Lehmann e Luca Miremont por 6/4, 3/6 e 10-8. Eles recebem 45 pontos no ranking pelo título. Para a composição do ranking juvenil, são considerados os seis melhores resultados de simples e mais 25% dos dos seis melhores resultados de duplas.

Na chave feminina, a brasileira que mais se destacou foi Gabriela Felix da Silva. A jogadora de 16 anos e 804ª do ranking chegou à final da competição, depois de quatro vitórias na semana. Ela foi superada na final pela anfitriã Valeria San Miguel Soria por 7/6 (8-6) e 7/5. Ela vinha de vitórias sobre outras quatro bolivianas sem perder sets, Natalia Alvarez, Mariana Zurita, Catalina Padilla e Adriana Bleichner. Ela recebe 36 pontos no ranking pela campanha e ultrapassa 167 jogadoras para assumir a 637ª colocação.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva