Notícias | Dia a dia | Roland Garros
'Novak estará pronto para Wimbledon', diz Ivanisevic
04/06/2022 às 09h30

Paris (França) - A derrota sofrida nas quartas de final de Roland Garros, diante do espanhol Rafael Nadal, ainda vem sendo digerida pelo sérvio Novak Djokovic e toda a sua equipe. Em entrevista para o Tennis Majors, o treinador croata Goran Ivanisevic falou sobre como estão superando a eliminação e mostrou confiança de que seu pupilo voltará forte para brigar pelo título de Wimbledon.

“Tenho que ser bastante honesto e confessar que estou bem triste e não consigo dormir. Não posso dizer que estou decepcionado, mas estou triste. Não foi uma combinação perfeita de nenhum dos lados. Rafa não fez uma partida espetacular, mas a linguagem corporal decidiu, desde o primeiro ponto até o último: a linguagem corporal de Rafa e a linguagem corporal de Novak”, afirmou Ivanisevic.

“Eu avisei ele, até falei para vocês (jornalistas) que o início da partida poderia ser decisivo, mas novamente, um começo ruim definiu. Era como se lhe faltasse energia e não acreditasse suficientemente que poderia vencer. Você não pode permitir isso contra Rafa, porque este é o torneio dele”, acrescentou o treinador do atual número 1 do mundo.

Ivanisevic garantiu que o sérvio estará em ação em Wimbledon, onde buscará mais um título de Grand Slam para o currículo. “Ele é o maior favorito lá, assim como Rafa foi aqui. Novak agora precisa descansar bem e se preparar para Wimbledon física e mentalmente. Tenho certeza de que pode fazer isso e acho que vai ganhar, tenho um bom pressentimento sobre isso. Ele precisa se concentrar na grama agora”.

Questionado sobre a preparação para o tradicional Slam britânico, o treinador falou que muito provavelmente Djokovic não disputará torneios antes de pisar no All England Club. “Vamos ver, mas agora a chave para ele é se recuperar mentalmente. Como eu disse no passado, Novak é um gênio com uma mentalidade diferente da maioria de nós”, falou Ivanisevic.

“Mesmo que ele precise de menos tempo do que a maioria para voltar e descobrir algumas coisas, ele ainda precisa fazê-lo. Novak superou derrotas duras no passado e tenho certeza absoluta de que estará pronto para Wimbledon”, finalizou o treinador do sérvio.

Comentários