Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Rune segue o tênis desde pequeno. É detalhista.
31/05/2022 às 17h34

Paris (França) – Apenas 19 anos, mas o dinamarquês Holger Rune é um dos destaques em Roland Garros, tendo derrubado na quarta rodada o grego Stefanos Tsitsipas, cabeça de chave 4, por 3 sets a 1, na segunda-feira. A paixão pelo tênis começou em 2009, aos cinco anos, ao ver a irmã mais velha jogar em um clube na Dinamarca, ao lado da mãe Aneke. No ano passado, conversando com a reportagem do ATPTour.com, Aneke contou que enquanto os outros filhos e filhas queriam ir logo para casa, Holger virava a cadeira para achar outro jogo para ver quando a irmã terminava sua partida. “Ele foi fisgado antes mesmo de começar”, mas só teve permissão para iniciar no tênis aos seis anos.

Seu atual treinador, Lars Christensen, relembrou aquela fase. “Ele era totalmente dedicado ao tênis. No começo, também jogava um pouco de futebol e fazia todo tipo de lazer. Mas rapidamente, só queria ser tenista”, disse Christensen. “Uma semana ele era o Rafa com a bandana e todo o equipamento. Ele queria ser como Rafa. Na semana seguinte, ele seria Federer. Ele realmente adorava jogar tênis.”

Atualmente número 40 do ranking, o jovem dinamarquês come, bebe e dorme tênis, segundo sua mãe. Ele acompanhava o circuito. “Ele pode passar horas. Não é apenas um filme para ele. Você pode perguntar qualquer coisa e ele pode responder, ele gosta de detalhes”, disse Aneke.

Sua paixão pelo tênis pode ser vista em seu desejo de participar de eventos. Em novembro passado, Rune fez sua estreia no Next Gen ATP Finals. Mas não foi sua primeira visita a Milão. Ele viu o torneio, como fã, em 2017. “Eu assisti quando era muito jovem, com minha mãe. Ela comprou ingressos, um presente de Natal antecipado em 2017”, disse Rune ao ATPTour.com em novembro passado. “Fui a Milão para assistir à primeira edição quando Hyeon Chung venceu e (Andrey) Rublev jogou e (Daniil) Medvedev.”

Na quarta-feira, crianças estarão nas arquibancadas da Quadra Philippe Chatrier para assistir Rune jogar contra o norueguês Casper Ruud. Rune é o primeiro dinamarquês na Era Aberta a avançar para as quartas de final de um Grand Slam. No início desta temporada, o dinamarquês conquistou sua primeira vitória sobre um top 10 contra Alexander Zverev em Munique, a caminho de seu primeiro título de ATP no fim daquela semana.

Ruud tem vantagem de 3 a 0 nos confrontos com Rune, mas aconteça o que acontecer, o dinamarquês deixará Paris de cabeça erguida. ”Meu objetivo é ser número 1 do mundo. Não vou esconder isso, porque é e sempre foi meu objetivo”, disse Rune após a vitória contra Tsitsipas. “Sei que há um longo caminho, mas agora estou chegando cada vez mais perto. Acredito em mim e também em ser capaz de vencer esse tipo de jogador, não apenas uma vez, mas também em um Grand Slam, onde todos sabemos que eles querem dar o melhor de si.”

Comentários