Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Zverev enfim bate top 10 em Slam e tira Alcaraz
31/05/2022 às 15h06

Paris (França) - Depois de 11 derrotas consecutivas para top 10 em Grand Slam, finalmente o alemão Alexander Zverev conseguiu vencer um rival deste calibre. E seu primeiro triunfo veio com uma atuação quase que irrepreensível diante da sensação da temporada, o jovem espanhol Carlos Alcaraz, que não encontrou saídas nesta terça-feira e acabou superado com parciais de 6/4, 6/4, 4/6 e 7/6 (9-7).

Depois de vencer uma batalha de 3h21 para alcançar sua segunda semi em Roland Garros, o alemão não terá muito tempo para comemorar, já que na próxima partida enfrentará o vencedor do clássico entre Novak Djokovic e Rafael Nadal. Ele tem retrospecto negativo contra ambos, perdeu 7 em 11 duelos contra o sérvio e 6 dos 9 que teve contra o espanhol

Mais jovem entre todos os participantes da chave masculina, Alcaraz parece ter sentido um pouco o peso do jogo e novamente não conseguiu superar a rodada de quartas de final em um Grand Slam, repetindo a eliminação do último US Open. O espanhol estava totalmente descalibrado, terminando com quase o dobro de erros não forçados que Zverev (34 a 56) e apenas sete winners a mais (46 a 39).

Superado pelo jovem espanhol na final do Masters 1000 de Madri, semanas atrás, Zverev mostrou um foco absoluto no jogo e aproveitou as condições de quadra, mais rápida durante o dia do que à noite, para se impor no duelo. O saque foi peça fundamental para o resultado, com 71% de aproveitamento para o alemão, que encarou só 3 break-points e não perdeu um game sequer de serviço.

Em sua quarta aparição nas quartas de final de Roland Garros nos últimos cinco anos, o germânico começou levando um susto e teve que salvar break-point logo em seu primeiro game de serviço da partida. Equilibrando solidez com agressividade, Zverev aprofundou bem as bolas de deu trabalho para Alcaraz, que acabou sofrendo uma quebra crucial no quinto game, que definiu o resultado do primeiro set.

Mantendo o ótimo ritmo na segunda parcial, o número 3 do mundo mais uma vez precisou salvar break-point no começo da disputa, desta vez no quarto game, mas um pouco depois ele novamente se colocou à frente, anotando uma quebra no sétimo. Depois disso, bastou ao alemão administrar a vantagem até o fim para fazer 2 a 0 e ficar mais perto da semifinal.

Só que do outro lado estava um combativo Alcaraz, que não se entregou e continuou batalhando. O espanhol de 19 anos flertou com uma derrota em sets diretos ao salvar um break-point no nono game, para fazer 5/4 e então jogar a pressão para o outro lado. Zverev não fez um game muito inspirado com o serviço e com três grandes curtinhas do rival acabou sendo quebrado e assim perdeu a terceira parcial.

O quarto set foi de bastante equilíbrio e fortes emoções. Os sacadores prevaleceram até a reta final, quando Alcaraz foi quebrado no nono game e viu Zverev servir para o jogo. Só que o alemão não aproveitou a oportunidade e levou o break de volta. A definição foi para o tiebreak, em que o espanhol chegou a ter um set-point, mas não o aproveitou e pouco depois amargou a eliminação no segundo match-point do jogo.

Comentários