Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Sinner sente joelho e dá vaga nas quartas a Rublev
30/05/2022 às 17h22

* Atualizado às 17h20, com declarações de Sinner

Paris (França) - O russo Andrey Rublev avançou pela segunda vez para as quartas de final de Roland Garros nesta segunda-feira, depois que o italiano Jannik Sinner foi obrigado a se retirar no começo do terceiro set devido a uma aparente lesão no joelho esquerdo.

O italiano havia vencido com ampla superioridade o set inicial por 6/1, mas passou a ter problemas de mobilidade e o russo se aproveitou muito bem para crescer no jogo e marcar 6/4. Depois de perder o serviço na abertura do terceiro set e ver Rublev fazer 2/0, Sinner desistiu.

O tenista de 24 anos ainda não conseguiu disputar sua primeira semifinal de Grand Slam e encara sua quarta tentativa. Rublev jogará agora contra quem vencer o duelo da rodada noturna local entre seu compatriota e cabeça 2 Daniil Medvedev ou o croata Marin Cilic.

Sinner fez um grande primeiro set, abafando Rublev, que não conseguia produzir com seus poderosos golpes de fundo. O italiano estava especialmente feliz nas devoluções de segundo serviço, usando bolas profundas. Mas a partir do momento em que sua movimentação ficou mais falha, Rublev passou a comandar melhor as trocas de bola e a usar o forehand.

Italiano sentiu a lesão durante movimento de saque no 2º set
Durante a entrevista coletiva após a partida, Sinner relatou que o problema no joelho começou a se manifestar quando ele estava executando um movimento de saque no segundo set. "Eu estava me sentindo bem no primeiro set. E depois, no 2/1 quando eu estava sacando, eu senti alguma coisa. E a partir desse ponto eu comecei a sentir muita dor. E então eu estava esperando que isso fosse embora, mas isso não aconteceu. Então, jogar assim, infelizmente, não era a coisa certa a fazer. Vamos examinar amanhã e no dia seguinte, e então ver o que fazer".

O italiano de 20 anos já havia sentido um desconforto no joelho no jogo de sábado pela terceira rodada, mas  garante que a lesão desta vez é diferente. "Não, a dor foi em um local dois dias atrás e hoje foi em um ponto diferente. Mas eles me disseram que não havia problema ou risco. Como eu disse, quando pulei para fazer o saque, senti algo estranho que me machucou muito. Eu estava nessa situação".

Comentários