Notícias | Dia a dia
João Fonseca e Maria Turchetto avançam na Bélgica
23/05/2022 às 17h37

Maria Turchetto está em sua terceira semana no saibro europeu

Foto: Arquivo

Charleroi (Bélgica) - A rodada desta segunda-feira pelo ITF J1 de Charleroi foi boa para os juvenis brasileiros que disputam o tradicional torneio belga em quadras de saibro e que vale 300 pontos no ranking mundial da categoria. O carioca João Fonseca e a catarinense Maria Turchetto venceram suas partidas de estreia no torneio que está em sua 57ª edição.

Convidado para a disputa do torneio juvenil de Roland Garros, Fonseca venceu o chileno Benjamin Torrealba, 138º colocado, por 6/2 e 7/6 (7-4). O brasileiro de apenas 15 anos e 107º do ranking enfrenta na próxima rodada o norte-americano Alexander Frusina, cabeça 5 do evento e 44º do ranking. Frusina venceu o único duelo anterior, disputado em março, na República Dominicana.

Já Maria Turchetto, de 17 anos e 164ª do ranking, está em sua terceira semana no saibro europeu e venceu a argentina de 18 anos Chiara Di Genova, 202ª colocada. Foi sua segunda vitória no ano sobre a rival. Ela agora desafia a norte-americana Ahmani Guichard, 98ª do ranking. O confronto entre elas será inédito no circuito.

O Brasil ainda teve uma representante no quali, a catarinense Carolina Laydner. Mas a jogadora de 17 anos e 181ª do ranking foi superada pela belga de 15 anos Lea Ribourdouille com parciais de 4/6, 6/2 e 11-9.

Seis vitórias em ITF juvenil na Bolívia
A segunda-feira teve seis vitórias brasileiras pelo ITF J3 de Cochabamba. Gustavo de Almeida venceu o argentino Nikos Lehmann por 6/1 e 6/4. Ele terá um duelo nacional contra Rafael Sabio, que bateu o boliviano Eduardo Flores por 3/6, 6/2 e 6/0

Também na chave masculina, Matheus de Lima venceu o costa-riquenho Paulo Pocasangre por duplo 6/4 e enfrenta o boliviano Nicolas Donoso, enquanto Lucas Godinho Couy bateu o boliviano Samuel Orellana por 6/3 e 6/2. Ele desafia o argentino Renato Mathiee.

No feminino, Cecilia Costa venceu a boliviana Maria Isabel Morales por 6/1 e 6/2 e encara a equatoriana Tania Andrade Sabando, cabeça 1. Já Valentina Torres da Silva passou pela boliviana Sofia Berdecio Flores por 4/6, 7/6 (7-3) e 7/6 (7-1). Ela enfrenta a boliviana Masha Vrsalovic, cabeça 2.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva