Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Alcaraz quer evitar distrações e focar só no jogo
22/05/2022 às 19h53

Paris (França) - Apesar de todas as atenções atraídas para si depois de grandes resultados na temporada, Carlos Alcaraz tenta evitar distrações e focar apenas no jogo. Diferente do cenário do ano passado, quando precisou jogar o quali de Roland Garros ainda como um jovem promissor, o espanhol de 19 anos retorna a Paris na condição de número 6 do mundo e campeão em quatro torneios na temporada.

"Estou tentando me concentrar apenas nos torneios, nas partidas, e tentando me afastar das mídias sociais e do que todo mundo falando sobre mim para apenas focar no que tenho que melhorar, no que tenho que fazer nas partidas, e no que eu tenho que fazer todos os dias para estar pronto no torneio", disse Alcaraz, que está invicto há onze jogos, com direito às recentes conquistas do Masters 1000 de Madri e do ATP 500 de Barcelona.

"Eu sempre digo que você tem que melhorar a cada dia se você não é o melhor jogador do mundo. O Rafa, por exemplo, diz todos os dias que ele está sempre melhorando. Eu diria que tenho que melhorar tudo um pouco. Você pode melhorar tudo todos os dias, você sabe. E eu diria que tenho que melhorar tudo", acrescentou o espanhol após a vitória na estreia em Paris contra o argentino Juan Ignacio Londero por 6/4, 6/2 e 6/0.

Cada vez mais habituado a jogar em grandes estádios, Alcaraz jogou pela primeira vez na quadra Philippe Chatrier, principal arena do Grand Slam francês. "Foi difícil no começo, mas é sempre especial jogar em um grande estádio e em uma grande quadra. Estou muito feliz com o desempenho na minha primeira partida na Philippe Chatrier e espero jogar mais partidas nesta quadra. A verdade é que não esperava que as pessoas me apoiassem tanto. Senti-me muito especial lá fora e tenho orgulho de estar aqui".

"A verdade é que estou realizando meu sonho e fico feliz em competir nesses torneios. Gosto de pensar que os jogadores que enfrento me respeitam e tento aproveitar isso para não lhes dar margem em quadra. A melhor coisa que tenho agora é que sou sempre eu mesmo, tento ser agressivo, ditar o ritmo de jogo, e impor o meu estilo", comentou o jovem espanhol, que agora enfrenta o compatriota Albert Ramos na segunda rodada. Alcaraz venceu os dois duelos anteriores. "Eu o conheço bem, jogamos várias vezes e sei que vai ser difícil".

Comentários