Notícias | Dia a dia
COI mantém contato e planeja ida de Peng à Europa
21/05/2022 às 21h13

Peng se encontrou com autoridades olímpicas durante os Jogos de Inverno em fevereiro

Foto: Arquivo

Lausanne (Suíça) - A jogadora chinesa Shuai Peng continua conversando com autoridades olímpicas desde os Jogos de Inverno de Pequim e planeja visitar a Europa em breve, disse o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, na última sexta-feira. Questionado sobre o bem-estar de Peng em uma entrevista coletiva online, Bach disse que a tenista participou neste mês de uma conversa com membros da comissão de atletas do COI e que este foi o "segundo ou terceiro" contato com ela desde as Olimpíadas.

"Ela está ansiosa para poder vir à Europa e visitar Lausanne, aparentemente em particular o Museu Olímpico. Então talvez também possa assistir a um ou outro torneio de tênis", disse Bach. O líder do COI observou, entretanto, que as rígidas políticas de saúde pública e quarentena na China durante a pandemia de Covid-19 podem dificultar os planos da viagem. "Temos que ver como isso se desenvolve. O contato como sempre dissemos está em andamento".

Em novembro do ano passado, Peng ficou incomunicável por aproximadamente duas semanas depois que denunciou um caso de assédio sexual contra Zhang Gaoli, ex-integrante do alto escalão do governo chinês. Depois, teve raras aparições públicas, a maioria delas divulgadas apenas pela imprensa estatal chinesa.

Bach e demais autoridades do COI tiveram os primeiros contatos com Peng no fim do ano, participando de videoconferências, sem divulgar detalhes sobre o conteúdo das conversas. Ela também teve encontros presenciais com membros do Comitê Olímpico durante os Jogos de Inverno, em fevereiro deste ano.

Mesmo após a divulgação de uma entrevista de Peng para o jornal francês L'Equipe, em que ela retira as acusações, a WTA mantém sua posição de cautela a respeito da segurança da jogadora chinesa e teme que ela ainda não possa se comunicar livremente. Por conta disso, a entidade rompeu acordos comerciais com a China e anunciou que não irá realizar competições no país enquanto não houver transparência nas investigações do caso.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva