Notícias | Dia a dia
Becker acredita que será libertado antes do Natal
19/05/2022 às 08h47

Londres (Inglaterra) - Condenado a dois anos e meio de prisão na Inglaterra por subtração de bens, ocultação de patrimônio e ocultação de dívida, o alemão Boris Becker acredita que será libertado antes do Natal. Segundo afirma o jornal The Sun, ele espera ser libertado mais cedo para cumprir a pena na Alemanha, que tem um sistema penal mais brando do que o britânico.

O alemão deveria passar 15 meses atrás das grades em Londres antes de sair, mas sob o Esquema de Remoção Antecipada do governo, ele poderia ser enviado para a Alemanha em novembro, após sete meses e meio.

“Ele está muito confiante de que estará de volta à Alemanha bem antes do Natal, acredita que conseguirá essa licença até o Natal, pois eles (na Alemanha) têm um sistema de justiça muito mais brando”, disse uma fonte ao jornal britânico, que revelou que Becker está ensinando inglês para prisioneiros estrangeiros

As refeições na prisão têm sido um problema para Becker, que reclamou da comida horrível, depois de terem servido carne enlatada como sua primeira refeição atrás das grades. Ele também reclamou das pequenas porções distribuídas.

O campeão de Wimbledon também está lutando para dormir devido ao barulho constante à noite e ao mau cheiro da dura prisão de Wandsworth, no sudoeste de Londres. “Ele também está chocado com a falta de higiene na prisão porque está superlotada. As condições são miseráveis, quase desumanas. Pode ficar frio nas celas e quase não há luz do dia”, disse uma fonte do jornal.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva