Notícias | Dia a dia
Medvedev: 'Fisicamente bem, só preciso treinar mais'
17/05/2022 às 20h47

Medvedev fez seu primeiro jogo no saibro na temporada e agora segue para Roland Garros

Foto: Gonet Geneva Open

Genebra (Suíça) - Eliminado ainda na rodada de estreia do ATP 250 de Genebra, Daniil Medvedev diz que está fisicamente bem, mas sabe que ainda precisar mais para ter ritmo de jogo e confiança antes de Roland Garros, que começa no próximo domingo. O atual número 2 do mundo passou por uma cirurgia no mês passado para tratar uma hérnia e ainda não havia competido no saibro europeu neste ano. Convidado para atuar em Genebra, foi superado em sets diretos pelo experiente francês Richard Gasquet nesta terça-feira.

"Fisicamente, eu não me senti mal hoje. Acho que com mais dias de treinos eu devo estar pronto para Roland Garros. Mesmo agora, depois do jogo, meu corpo está bem. Vamos ver amanhã de manhã, porque não jogo um torneio há um mês e meio, talvez dois meses”, disse Medvedev após a derrota por 6/2 e 7/6 (7-5) para Gasquet. "Espero que amanhã de manhã também esteja bom".

"Vou ter alguns dias de treino antes de Roland Garros. Então vou tentar trabalhar fisicamente e também no tênis. Espero poder tentar encontrar o nível de tênis que tive lá no ano passado, o que não será fácil", acrescenta o jogador de 26 anos, que chegou às quartas de final na edição passada do Grand Slam francês.

Medvedev sabe que o saibro não é sua especialidade e ressalta que seu poder de reação no piso em comparação com o apresentado nas quadras duras. "É duro. Eu não jogo meu melhor tênis em quadras de saibro. Sei que sou capaz de obter bons resultados, mas para isso, eu preciso estar com ritmo, o que não tinha hoje. Quando não estou com ritmo na quadra dura, às vezes eu consigo dar a volta por cima. No saibro é muito mais difícil, porque é difícil para mim mudar algo, a menos que tudo corra bem imediatamente e isso foi o que aconteceu hoje".

"Cometi muitos erros e muitas faltas duplas. Não estava jogando bem o suficiente para vencer", comenta o russo, que fez sete duplas faltas. "Tive alguns pequenos momentos brilhantes no segundo set, onde talvez eu pudesse ter vencido aquele set, mas não me sinto tão confiante no saibro como nas outras superfícies. É por isso que perdi o tiebreak por 7-5, terminando com uma dupla falta. É decepcionante, mas tive derrotas mais difíceis na minha carreira e só preciso tentar jogar melhor da próxima vez".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva