Notícias | Dia a dia
Após vice de ITF, Ingrid joga duplas no WTA de Rabat
15/05/2022 às 18h19

Rabat (Marrocos) - Depois de ficar com o vice-campeonato de duplas no ITF W25 de Osijek, na Croácia, Ingrid Martins terá a oportunidade de jogar um torneio maior na próxima semana. Ela será a representante brasileira na chave de duplas do WTA 250 de Rabat, jogando ao lado da britânica Emily Webley-Smith. A estreia será contra as espanholas Irene Burillo Escorihuela e Yvonne Cavalle-Reimers.

Em caso de vitória, elas podem enfrentar a tcheca Anastasia Detiuc e a russa Yana Sizikova ou desafiar a norueguesa Ulrikke Eikeri e a norte-americana Catherine Harrison, cabeças de chave número 6. Uma vitória na estreia já vale a vaga nas quartas de final e importantes 60 pontos no ranking de duplas da WTA.

Carioca de 25 anos e 315ª no ranking de duplas na WTA, Ingrid vem de uma final na Croácia ao lado da norte-americana Jessie Aney. Elas foram superadas pelas japonesas Mana Kawamura e Funa Kozaki por 6/3, 2/6 e 10-8. Os 30 pontos da campanha só serão computados no ranking de 23 de maio, junto com a pontuação que ela conseguir em Rabat.

"Foi uma semana com bastante adversidade. Para chegar aqui foi difícil, é uma cidade longe na Croácia, sem muitos voos, mas esses obstáculos me tornaram mais fortes. Não comecei bem nas simples, cheguei já joguei", disse Ingrid Martins, que havia caído na estreia da disputa individual para a eslovena Ziva Falkner por 6/4 e 6/1. Ela é a 448ª colocada no ranking de simples.

"Daí foquei nas duplas. Estava com boas expectativas de atuar com a Jessie, já havia jogado com ela no Brasil e sempre nos divertimos. Aí foi isso, apareceram as oportunidades e soubemos aproveitar. Infelizmente não vencemos a final. No super tiebreak os detalhes fizeram a diferença", acrescentou. "É pegar as coisas positivas e acertar as negativas. Estou animada para jogar meu primeiro WTA depois de sair da faculdade. Vou em busca de aproveitar essa chance".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva