Notícias | Dia a dia
Konishi perde e estrangeiras dominam Circuito Feminino
13/05/2022 às 15h40

Júlia Konishi não encontrou o ritmo ideal e parou nas quartas no Clube Hípico

Foto: Rafael Pignataro

São Paulo (SP) - Depois de duas boas atuações, a paulista Júlia Konishi não achou forma de superar a suíça Nadine Keller, terceira maior favorita, e ficou de fora das semifinais da segunda etapa do Circuito Feminino Future de Tênis. A paulista de 22 anos caiu com as parciais de 6/2 e 6/2, e marcará mais dois pontos no ranking mundial.

Dessa forma, o título ficará entre estrangeiras, com três sul-americanas ainda de pé nas quadras de saibro do Clube Hípico de Santo Amaro. Neste sábado, Keller repetirá a final da primeira etapa contra a argentina e cabeça 1 Martina Capurro, depois que a canhota superou partida de altos e baixos contra a peruana Romina Ccuno, com placar de 6/0, 1/6 e 6/3.

A outra vaga para a final verá a luta entre a boliviana Noelia Zeballos e a chilena Fernanda Astete. A cabeça 2 derrotou a chilena Fernanda Labrana, por 6/4 e 6/0, e Astete nem precisou entrar em quadra, já que a argentina Tiziana Rossini sentiu contusão e desistiu do torneio.

Três brasileiras também estavam na semi de duplas e foram eliminadas nesta sexta-feira. Olivia Carneiro e Juliana Munhoz perderam de Ccuno/Zeballos, por 6/1 e 6/2, e Konishi. ao lado da holandesa Gabriella Mujan, parou em Capurro/Labrana, parciais de 6/2 e 6/4.

A rodada deste sábado começa às 11 horas, com Capurro x Keller, seguindo-se Zeballos x Astete. A final de duplas está marcada para as 15 horas. A entrada no Clube Hípico é gratuita para o público.

O Circuito Feminino Future de Tênis é apresentado pelo Itaú através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério da Cidadania/Secretaria Especial do Esporte. Tem patrocínio da Ecourbis e a realização é do Instituto Esperança do Amanhã. A competição tem as chancelas da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e Federação Paulista de Tênis.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva