Notícias | Dia a dia
Djokovic mostra força e anota 60ª vitória em Roma
10/05/2022 às 12h29

Roma (Itália) - O sérvio Novak Djokovic vem mostrando que a cada dia que passa está mais consistente e mostrando um tênis cada vez melhor. Nesta terça-feira, em sua estreia no Masters 1000 de Roma, o número 1 do mundo teve uma firme atuação diante do russo Aslan Karatsev e venceu com autoridade, precisando de 1h30 para anotar o placar final de 6/3 e 6/2.

Esta foi a 60ª vitória de ‘Nole’ no saibro romano, onde soma apenas 10 derrotas. O líder do ranking tem agora pelo menos 60 vitórias em cinco torneios diferentes Ele também superou esta marca no Australian Open (82), em Roland Garros (82), no US Open (81) e em Wimbledon (79).

Djokovic precisa de apenas mais três vitórias para entrar no seleto clube dos jogadores com mais de 1.000 triunfos, mas necessita avançar pelo menos mais duas rodadas, chegando às semifinais, para manter a liderança do ranking e não ser ultrapassado pelo russo Daniil Medvedev. Em 16 participações no torneio, ele nunca perdeu antes das quartas de final.

Já garantido nas oitavas, Nole espera agora pelo vencedor do confronto entre o também sérvio Laslo Djere e o suíço Stan Wawrinka. Ele bateu o compatriota na única vez que se cruzaram, este ano em Belgrado, e tem 19 vitórias e 6 derrotas contra Wawrinka.



Embora tenha anotado menos bolas vencedoras que Karatsev (17 a 19) e apenas um erro não forçado a menos (3 a 4), o sérvio teve consistência muito maior do que a do russo, principalmente com o saque, vencendo 70% dos pontos disputados contra um aproveitamento de apenas 51% do oponente.

Djokovic mostrou força já na largada e venceu os dois primeiros games disputados, mas vacilou logo em seguida e permitiu que Karatsev devolvesse a quebra no terceiro. O jogo ficou parelho até a reta final do set inicial, quando o sérvio elevou um pouco seu nível, conseguiu mais um break para cima do russo e logo depois confirmou o serviço para fazer 1 a 0.

No segundo set, o domínio do número 1 do mundo foi bem maior. Com duas quebras seguidas, ele abriu confortável vantagem de 4/0 e então praticamente selou a vitória. Karatsev poderia até ter levado um ‘pneu’ se não tivesse salvado um break-point no quinto game. Djokovic então administrou muito bem o placar favorável e selou sua segunda vitória sobre o russo em três duelos.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva