Notícias | Dia a dia
Djokovic precisa de semi para manter o número 1
09/05/2022 às 07h56

Miami (EUA) - Mais uma semana começa com o sérvio Novak Djokovic na liderança do ranking, mas assim como aconteceu em Madri, ele abre sua campanha no Masters 1000 de Roma com o número 1 em risco. Se no saibro madrilenho ‘Nole’ precisava de apenas uma vitória para seguir na ponta, agora no Foro Itálico tem que ir mais longe, chegando pelo menos às semifinais.

Novamente uma boa notícia para Djokovic é a ausência de Daniil Medvedev, que segue sem competir e deverá fazer seu retorno ao circuito apenas na próxima semana, no ATP 250 de Genebra, que será sua única preparação para Roland Garros. O russo defende apenas 10 pontos nesta semana, enquanto o sérvio defende 600 do vice-campeonato do ano passado.

Os dois estão separados nesta segunda-feira por 270 pontos e são os únicos que brigam pela liderança nesta semana. O alemão Alexander Zverev poderia ter entrado na disputa se tivesse sido campeão de Madri, mas entra em Roma 1.040 pontos atrás de Djokovic. De qualquer forma, ele defende apenas 180 pontos e pode descontar a diferença para brigar pelo número 1 em Paris.

Tsitsipas briga com Nadal pelo número 4

Um pouco mais embaixo, o espanhol Rafael Nadal vai lutar rodada a rodada com o grego Stefanos Tsitsipas para ver quem chegará em Roland Garros como um dos quatro principais cabeças de chave, evitando um confronto com um dos outros três favoritos antes da semi.

Atual campeão no Foro Itálico, o canhoto de Mallorca é o atual número 4 do mundo, mas precisa de uma campanha melhor que a de Tsitsipas para manter sua colocação no ranking. Nadal começa a semana precisando somar 135 pontos a mais do que o grego. Se os dois forem longe no torneio, a partir das quartas, basta ao espanhol avançar uma rodada a mais do que o rival para não ser ultrapassado.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva