Notícias | Dia a dia
Tsitsipas supera Rublev em três sets e faz semi
06/05/2022 às 17h27

Tsitsipas espera pelo vencedor entre Aliassime e Zverev na semifinal de Madri

Foto: Corinne Dubreuil/ATP

Madri (Espanha) - Três anos depois de chegar à final do Masters 1000 de Madri, Stefanos Tsitsipas está a uma vitória de igualar sua melhor campanha nas quadras de saibro da capital espanhola. O número 5 do mundo levou a melhor no duelo contra Andrey Rublev, oitavo colocado, com parciais de 6/3, 2/6 e 6/4 em 1h59 de partida.

Tsitsipas está com 23 anos e conquistou recentemente o bicampeonato do Masters 1000 de Monte Carlo. O grego desempatou o histórico contra Rublev, agora com três vitórias e duas derrotas diante do rival. Seu próximo adversário virá da paritda entre o alemão Alexander Zverev e o canadense Felix Auger-Aliassime.

Já Rublev, de 24 anos, vinha de jogos duros diante dos britânicos Jack Draper e Daniel Evans nas fases iniciais. Esta foi apenas sua segunda participação no Masters de Madri, e ele já superou as oitavas de final alcançadas no ano passado. Seu próximo compromisso será o Masters 1000 de Roma na próxima semana.

Partida teve duas quebras para cada lado
Durante o primeiro set, Tsitsipas disparou cinco aces e não enfrentou break-points, perdendo apenas seis pontos em seus games de serviço. A parcial foi equilibrada, exceto por um game muito longo ainda no início, em que Rublev enfrentou cinco break-points e acabou permitindo ao grego já largar com 2/0 para sustentar a liderança até o fim do set. Tsitsipas fez 11 a 8 em winners e cometeu apenas seis erros, dois a menos que o rival.

Rublev escapou de dois break-points na abertura do segundo set e depois só perderia mais três pontos no saque até o fim da parcial. Muito mais agressivo em quadra, ele fez 14 winners contra apenas quatro de Tsitsipas e conseguiu suas duas primeiras quebras de serviço na partida, chegando a vencer quatro games seguidos.

Tsitsipas retomou o bom desempenho no saque durante o terceiro set e vinha confirmando seus games de serviço com maior tranquilidade, enquanto Rublev vinha enfrentando games longos e escapou da quebra no sétimo game da parcial. Depois de estar perdendo por 4/3, o grego viveu seu melhor momento na partida e venceu oito pontos seguidos para virar o placar. Sacando para o jogo, reverteu um 15-40 e consolidou a vitória. Rublev fez 30 a 27 nos winners e cometeu 23 erros contra 22 de Tsitsipas. A partida teve quatro quebras de serviço, duas para cada lado.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva