Notícias | Dia a dia
Nadal: 'Alcaraz está melhor e tem mais energia'
05/05/2022 às 21h10

Nadal reconhece que o momento do circuito é melhor para Alcaraz

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) - Classificado para as quartas de final do Masters 1000 de Madri, Rafael Nadal terá um duelo espanhol contra Carlos Alcaraz nesta sexta-feira, a partir das 11h (de Brasília). Ciente da grande fase de seu jovem rival, que completou 19 anos nesta quinta-feira e vem de título em Barcelona, Nadal acredita que o momento é favorável a Alcaraz. Afinal, o veterano de 35 anos disputa seu primeiro torneio desde Indian Wells, quando sofreu uma fratura em uma das costelas, e reconhece que teve pouco tempo para treinar.

"Será um jogo muito difícil, é claro. Acho que hoje ele está melhor, vive um melhor momento. Hoje, o Alcaraz está em melhor condição física, ele é mais jovem e tem mais energia. Estou consciente do que temos agora e sou uma pessoa muito realista. Vim para cá sem jogar, mas isso não me leva a acreditar que não posso vencer", disse Nadal, que venceu os dois duelos anteriores contra Alcaraz no circuito.

"Estou ciente que ele tem algum tipo de vantagem na partida de amanhã. Mas, nesse sentido, tentarei fazer o máximo possível para ser competitivo. E seja qual for o resultado, será algo positivo para mim no futuro. No final, o mais importante é saber quem estará melhor daqui a três semanas, em Roland Garros. Esse é o meu objetivo agora", avaliou o atual número 4 do mundo, que havia vencido três títulos neste ano antes de sofrer a lesão.

"Infelizmente essa é a minha realidade agora, e são os objetivos que eu estabeleci para mim. Sempre disse que nunca tomo torneios como Madri, Roma como preparação para outros torneios porque são semanas muito importantes para mim. Mas atualmente a realidade é outra, e tenho que enfrentá-la desta forma", complementou o pentacampeão do Masters 1000 de Madri, que já venceu Miomir Kecmanovic e David Goffin nas fases iniciais.

"Vou aproveitar o jogo de amanhã e lutar o máximo possível. Nós dois chegamos aqui em momentos muito diferentes e eu aceito isso. A única coisa que posso fazer é enfrentar o jogo de amanhã o mais feliz possível e tentar aproveitar as minhas oportunidades", finalizou o espanhol, que salvou quatro match-points na partida desta quinta-feira.

Nadal rechaça rivalidade com Alcaraz
Perguntado se existe a possibilidade de criar uma rivalidade com Alcaraz apesar da diferença de idade, Nadal rechaçou a ideia. "Não, acho que não vou chegar a essa rivalidade. Eu tenho quase 36 anos. Se eu tivesse 8 ou 10 anos a menos. Ou talvez se Carlos tivesse aparecido há uns dez anos, poderíamos estar falando de uma nova rivalidade potencial. Eu não tenho esse tipo de rivalidade nesta fase da minha carreira. Meus rivais são Djokovic, Federer e Murray".

Elogios a David Goffin pelo bom nível de tênis
Depois de vencer Goffin por 6/3, 5/7 e 7/6 (11-9), Nadal falou sobre o nível de tênis de seu adversário, ex-top 10 e atual 60º do ranking. "David está jogando muito melhor. Fico feliz por vê-lo de volta, vencendo um torneio há algumas semanas [em Marrakech] e fazendo uma grande semana aqui, vindo do quali.

David tem sido um jogador incrível por tanto tempo, lutando pelos grandes eventos e sendo um dos adversários mais difíceis. Ele teve alguns problemas em termos de lesões, e todo mundo sabe como é difícil voltar. Mas ele ainda é jovem. Acho que ele tem 31 anos e ainda tem tempo pela frente para se recuperar fisicamente e está saudável o suficiente para lutar por coisas importantes.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva