Notícias | Dia a dia
Nadal salva 4 match-points e evita virada de Goffin
05/05/2022 às 14h41

Madri (Espanha) - Derrotado em todos os quatro duelos que teve no saibro contra Rafael Nadal, mais uma vez o belga David Goffin não conseguiu bater o espanhol, mas deu enorme trabalho e teve quatro match-points no duelo desta quinta-feira válido pelas oitavas de final do Masters 1000 de Madri. O tenista da casa mostrou força nos momentos decisivos e fechou o jogo com o placar final de 6/3, 5/7 e 7/6 (11-9), em batalha de 3h09.

Após marcar sua quinta vitória em sete duelos com Goffin, o canhoto de Mallorca terá pela frente o vencedor do embate entre o também espanhol Carlos Alcaraz e o britânico Cameron Norrie. Rafa enfrentou o jovem compatriota duas vezes e venceu ambas, a última delas no Masters 1000 de Indian Wells deste ano. Já contra o britânico foram quatro triunfos e nenhuma derrota.

Dono de 36 títulos de Masters 1000, Nadal segue perseguindo a 37ª conquista para assim igualar o recorde que atualmente pertence ao sérvio Novak Djokovic. Ao bater Goffin, o espanhol se garantiu pela 99ª vez nas quartas de um torneio deste porte, podendo chegar à marca centenária na próxima semana em Roma.

Mais confiante após bons resultados no começo da temporada de saibro, Goffin até deu trabalho e chegou a largar na frente no primeiro set. Depois de salvar um break-point no segundo game, o belga obteve uma quebra no quinto, mas então empacou no marcador. O canhoto de Mallorca não apenas devolveu o break imediatamente como transformou um 2/3 em 6/3 com uma arrancada final.

O segundo set foi equilibrado e começou com uma quebra do espanhol no terceiro game. Nadal permaneceu com a vantagem até a reta final, chegou a perder um match-point no nono, no saque de Goffin, e depois um no décimo, quando foi quebrado de volta. O belga então bateu o saque do tenista da casa outra vez mais e levou a decisão para o terceiro.

A recuperação de Goffin se deu muito em função de um ajuste do belga, passando a ser mais agressivo e pegando a bola na subida para diminuir o tempo de Nadal, que encontrou dificuldade em aprofundar mais as bolas. Ainda assim, o espanhol teve duas chances de quebra logo no primeiro game do terceiro set e não aproveitou. A definição foi para um tiebreak movimentadíssimo.

Nadal começou com tudo e abriu 4-1, mas então veio uma enorme reação do belga, que venceu cinco pontos seguidos e teve duplo match-point, perdendo ambos, o primeiro no saque do espanhol e o segundo em seu saque. O belga teve ainda mais duas chances de fechar o jogo, não as aproveitou e viu Rafa concretizar a vitória no quarto match-point que teve.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva