Notícias | Dia a dia
Tsitsipas larga bem em Madri e reencontra Dimitrov
04/05/2022 às 18h38

Tsitsipas venceu Dimitrov há duas semanas em Barcelona

Foto: Corinne Dubreuil/ATP

Madri (Espanha) - No jogo que encerrou a programação desta quarta-feira pelo Masters 1000 de Madri, Stefanos Tsitsipas estreou com vitória nas quadras de saibro da capital espanhola. O número 5 do mundo eliminou o convidado francês Lucas Pouille, ex-top 10 e atual 174º colocado, marcando as parciais de 6/3 e 6/4. Tsitsipas mantém seu perfeito retrospecto diante de Pouille, tendo vencido os três duelos entre eles.

Esta foi a 25ª vitória na temporada para Tsitsipas, que recentemente conquistou o bicampeonato no Masters 1000 de Monte Carlo. O grego de 23 anos enfrenta nas oitavas o búlgaro Grigor Dimitrov, que 20º do ranking, que bateu o argentino Diego Schwartzman, 15º, por 6/0 e 6/3. Tsitsipas lidera o histórico por 3 a 1, com direito a uma vitória há duas semanas em Barcelona.

Já o eliminado Pouille tenta aos poucos recuperar o bom nível de tênis que o levou a uma semifinal de Australian Open em 2019 e ao grupo dos dez melhores do mundo. Vencedor de cinco títulos de ATP, o francês está com 28 anos e operou o cotovelo direito em 2020. A vitória na estreia em Madri, diante de Karen Khachanov, foi apenas sua terceira na temporada em torneios de nível ATP.

Durante o primeiro set, Tsitsipas esteve o tempo todo à frente no placar. Ele conseguiu duas quebras e cedeu apenas oito pontos em seus games de serviço. Quando colocou o primeiro saque na quadra, o grego só perdeu dois pontos. Pouille chegou a devolver uma das quebras, mas não teria novas chances de buscar o empate.

Logo no game de abertura do segundo set, Tsitsipas conseguiu mais uma quebra. Desta vez o grego sacou ainda melhor, com apenas quatro pontos perdidos em seus games de serviço e sem enfrentar break-points. A vantagem só não foi maior para ele, porque Pouille conseguiu reverter um 0-40 no saque quando perdia por 3/1. Tsitsipas confirmou a vitória, tendo marcado 18 winners contra 14 de Pouille. O grego cometeu 15 erros não-forçados, contra 14 do francês.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva