Notícias | Dia a dia
Melo e Zverev levam virada e ficam na estreia
03/05/2022 às 10h34

Madri (Espanha) - Mais uma vez, a parceria entre Marcelo Melo e o alemão Alexander Zverev não prosperou. Os dois começaram bem, mas levaram a virada do britânico Cameron Norrie e do norte-americano Tommy Paul na primeira rodada do Masters 1000 de Madri, com as parciais de 3/6, 6/3 e 10-7.

"Hoje foi uma derrota dura para nós. A gente vem jogando bem desde Monte Carlo. Fizemos um bom jogo. Como sempre, no match tie-break, uma bola para cá, outra para lá, acaba decidindo. O jogo no 6-6, um lob na linha. Poderia ter sido 7-6 para nós. E infelizmente não deu. Faz parte. É seguir adiante", avaliou o brasileiro.

Melo e Zverev fizeram parceria em Montpellier e Acapulco sem ganhar jogos - no México, houve ainda o incidente do destempero do alemão contra o juiz - e tentaram novamente no saibro de Monte Carlo, onde ao menos avançaram duas rodadas. O mineiro e ex-número 1 do mundo continua em momento instável, agora com 9 vitórias e 10 derrotas na temporada, ocupando apenas o 42º posto do ranking.

O jogo foi bastante irregular para as duas parcerias. Melo e Zverev obtiveram quebra precoce e abriram 3/0 e 4/1 antes de permitir reação. Mas conseguiram tirar outro serviço no oitavo game e aí confirmaram o primeiro set. Começaram novamente devolvendo bem, mas deixaram escapar dois break-points na abertura da segunda série e um momento ruim no quarto game determinou a perda de serviço sem marcar pontos. Norrie e Paul ainda tiveram um set point antes de concluir o segundo set e empatar tudo.

O match-tiebreak seguiu o mesmo caminho, com alternações entre bons saques e erros. Norrie e Paul fizeram 4-2, Melo e Zverev reagiram e empataram porém mais duas quebras seguidas aconteceriam até o empate por 6-6. Ao tomar o lob, Zverev reclamou muito da marcação com o juiz e o resultado foi a perda de dois dos três serviços seguintes, determinando a derrota.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva