Notícias | Dia a dia
Anisimova cede só 5 games a Azarenka e faz quartas
02/05/2022 às 18h52

Anisimova também já havia eliminado Sabalenka e Martic nas primeiras fases do torneio

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) - A campanha de Amanda Anisimova no WTA 1000 de Madri segue com vitórias bastante expressivas. Algoz da número 4 do mundo Aryna Sabalenka na estreia e da experiente Petra Martic na segunda rodada, a jovem norte-americana de 20 anos e 33ª do ranking impôs uma dura derrota à Victoria Azarenka e marcou as parciais de 6/1 e 6/4 em 1h07 de partida nesta segunda-feira.

Anisimova já faz sua melhor campanha em Madri, já que caiu na estreia no ano passado e ainda no quali em 2019. Mas ela tem um bom histórico no saibro, com destaque para uma semifinal de Roland Garros há três temporadas. Além disso, já venceu um WTA em Bogotá, que é disputado em condições um pouco mais rápidas devido à altitude.

+ Halep volta a superar Gauff e terá Jabeur nas quartas

Já Azarenka disputou em Madri seu primeiro torneio desde Miami. A ex-número 1 do mundo está com 32 anos e ocupa o 17º lugar do ranking. Nas primeiras rodadas, passou pela suíça Viktorija Golubic e pela eslovena Tamara Zidansek. Ela não chegava tão longe no torneio desde 2016, mas tem dois vice-campeonatos nas temporadas de 2011 e 2012.

O primeiro set foi arrasador para Anisimova, que não enfrentou break-points e cedeu apenas sete pontos em seus games de serviço. Ela também aproveitou o fato de Azarenka ter colocado apenas 35% de primeiros serviços em quadra e foi bastante agressiva nas devoluções. A confiança era tanta, que a norte-americana começou a atacar até o primeiro saque da ex-líder do ranking. Ela conseguiu duas quebras no primeiro set e repetiu a dose no segundo, chegando a liderar por 5/1.

Azarenka salvou três match-points no saque, e logo depois devolveu uma das quebras. A diferença no placar caiu para 5/4, mas Anisimova aproveitou sua segunda chance de sacar para o jogo, definindo a disputa com um ace. Ela fez 36 a 14 nos winners e cometeu 16 erros não-forçados contra apenas 9 de Azarenka.

Duelo com Alexandrova nas quartas de final
A adversária de Anisimova nas quartas de final será Ekaterina Alexandrova, 45ª do ranking, que derrotou a 77ª colocada Marie Bouzkova por 6/7 (4-7), 6/0 e 7/5 em 3h04 de partida. Alexandrova criou 22 break-points na partida e conseguiu sete quebras, perdendo três games de serviço para a rival.

"É ótimo vencer esse tipo de jogo, ela fez uma partida incrível e estava chegava em todas as bolas e estava impossível para definir os pontos", disse a jogadora de 27 anos, que perdeu o único duelo anterior contra Anisimova, disputado em 2020 em Doha. "Por enquanto eu só estou feliz porque o jogo acabou e que vou descansar um pouco e me preparar para o próximo jogo".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva