Notícias | Dia a dia
Botic abandona e Rune conquista 1º ATP aos 19 anos
01/05/2022 às 10h08

Rune não perdeu sets no torneio e eliminou Zverev nas oitavas

Foto: BMW Open

Munique (Alemanha) - A final do ATP 250 de Munique durou apenas sete games e 59 minutos. O dinamarquês Holger Rune estava perdendo o primeiro set por 4/3 contra o holandês Botic van de Zandschulp quando o adversário abandonou a disputa. Pouco antes da desistência, o holandês chegou a pedir atendimento médico em quadra, relatando dores no peito e dificuldade para respirar.

Com o resultado, Rune conquista seu primeiro título de ATP apenas dois dias depois de seu aniversário de 19 anos. Ex-número 1 juvenil e campeão de Roland Garros na categoria em 2019, o dinamarquês já tem cinco títulos de challenger e disputou uma final inédita na elite do circuito. Atualmente no 70º lugar do ranking, ele entrará no top 50 após o torneio alemão em quadras de saibro e terá a melhor marca da carreira.

"Essa é provavelmente a pior maneira de vencer uma final. Eu esperava um jogo duro e ele vinha muito forte no torneio, mas aconteceu alguma coisa com ele. Desejo tudo de bom na recuperação e espero vê-lo em quadra em breve", disse Rune, que não perdeu sets no torneio e chegou a eliminar o número 3 do mundo e bicampeão Alexander Zverev nas oitavas de final. A vitória sobre o alemão foi sua primeira contra um top 10.

"Mas se eu pensar na semana que eu tive, estou super feliz, joguei um tênis incrível e consegui o meu primeiro título aqui em Munique diante de um estádio lotado. Eu não poderia querer mais do que isso. Muito obrigado", acrescentou o dinamarquês, que entrou na chave de Munique como convidado dos organizadores do evento.

Vice-campeão do torneio, Botic van de Zandschulp vinha de uma duríssima semifinal com 2h52 de duração contra o sérvio Miomir Kecmanovic. Ele também havia vencido um top 10, eliminando o norueguês Casper Ruud, sétimo colocado, nas quartas. O holandês de 26 anos está com o melhor ranking da carreira, ocupando o 40º lugar e disputou sua primeira final. Pela campanha, vai subir para o 31º lugar do ranking.

"Acho que mostrei um bom nível e tive algumas boas vitórias aqui", disse o holandês após a partida. Ele chegou a liderar o placar por 4/1 antes que Rune devolvesse a quebra. "Comecei muito bem a partida de hoje, principalmente nos primeiros cinco jogos. Mas depois a situação mudou para mim. Foi difícil jogar ralis longos e manter o nível que tive nos primeiros cinco games. Achei que estava melhorando depois do tratamento, mas infelizmente tive que me retirar da partida".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva