Notícias | Dia a dia
Cé encerra boa semana com duelo de 3h40 na semi
30/04/2022 às 17h29

Cé veio do quali em Charleston e venceu cinco jogos seguidos na semana

Foto: Divulgação

Charleston (EUA) - A ótima semana de Gabriela Cé no ITF W100 de Charleston chegou ao fim neste sábado com uma partida bastante equilibrada. A número 4 do Brasil e 292ª do mundo ficou em quadra por 3h38 para enfrentar a chinesa Xiyu Wang, canhota de 21 anos e 123ª colocada, e acabou perdendo por 6/4, 5/7 e 7/6 (7-4). A partida teve 18 quebras de serviço e 46 break-points. Cada jogadora quebrou nove vezes, sendo que Cé criou 14 oportunidades e teve o saque ameaçado 32 vezes.

Vinda do qualificatório, Cé venceu cinco jogos seguidos na semana. Pela campanha, a gaúcha de 29 anos recebe 56 pontos no ranking da WTA, são seis por ter furado o quali e mais 50 pelas vitórias na chave principal. Dessa forma, ela volta ao grupo das 250 melhores do mundo e tenta se aproximar da melhor marca de sua carreira, a 221ª posição, alcançada em setembro de 2019. Uma das vitórias da Cé na semana foi sobre a cabeça 4 do torneio e 127ª do mundo Hailey Baptiste. 

Algoz de Cé, Wang é ex-número 1 juvenil e campeã do US Open da categoria em 2018, Wang tem como melhor ranking profissional o 106º lugar, alcançado em 2020. Nas duas últimas semanas, disputou finais de ITF em outros dois torneios no saibro norte-americano em Palm Harbor e Charlottesville.

Wang enfrenta na final deste domingo a norte-americana Taylor Townsend, que venceu Whitney Osuigwe por 6/3 e 6/1. Townsend já foi 61ª do mundo e está voltando ao circuito depois de se tornar mãe no ano passado. Este é apenas o terceiro torneio para a canhota de 26 anos e atual 739ª colocada.

Semifinal com 18 quebras e 46 break-points
Ainda no primeiro set, Cé correu riscos em muitos games de serviço, tendo enfrentado 13 break-points durante a parcial. A brasileira começou o jogo perdendo por 2/0, virou para 4/2, mas sofreria duas novas quebras na reta final do set, permitindo à chinesa vencer quatro games seguidos. A canhota gaúcha precisou mostrar poder de reação no segundo set, em que Wang esteve por três vezes com uma quebra de vantagem, mas não consguia sustentar a liderança no placar. Cé buscou empates no segundo, sexto e oitavo game da parcial. Com o placar empatado por 5/5, ela salvou mais dois break-points, tendo enfrentdo 12 ao longo do set, confirmou o serviço e voltou a quebrar na sequência para fechar o set.

A parcial decisiva seguiu com altos e baixos e muitos ralis longos do fundo de quadra e o jogo chegou a ter seis quebras seguidas. Cé também conseguiu se destacar pelo bom desempenho nos drop-shots. Wang esteve três vezes com quebra acima e até sacou para o jogo quando liderava por 5/4, mas não conseguia fechar a partida. Durante o tiebreak, a chinesa esteve à frente o tempo todo no placar e era a jogadora mais agressiva em quadra, tentando bater reto na bola. Ela perdeu o primeiro match-point com uma dupla falta, mas tinha vantagem confortável para consolidar a vitória pouco depois.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva