Notícias | Dia a dia
Cé vence a quinta seguida e joga semi em Charleston
29/04/2022 às 14h02

Cé veio do quali em Charleston e cedeu apenas dois games no duelo das quartas

Foto: Divulgação

Charleston (EUA) - A ótima semana de Gabriela Cé no ITF W100 de Charleston ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira, quando ela marcou mais uma vitória e garantiu vaga na semifinal da competição. Vinda do qualificatório, Cé venceu seu quinto jogo seguido e superou a norte-americana Alexa Graham, também vinda do quali e 595ª do ranking, por 6/0 e 6/2 em 1h05 de partida.

Durante a rápida apresentação desta sexta-feira, Cé aproveitou aproveitou a fragilidade do saque de sua adversária, que colocou apenas 45% de primeiros serviços em quadra e cometeu cinco duplas faltas. A brasileira criou onze break-points na partida e conseguiu sete quebras, perdendo apenas dois games de saque. Durante o segundo set, só permitiu à norte-americana fazer seis pontos em seus próprios serviços.

Primeira semifinal da temporada
Vencedora de 11 torneios no circuito profissional da ITF, Cé disputará sua primeira semifinal da temporada. Seu título mais recente foi em dezembro do ano passado em Curitiba. Sua próxima adversária virá do jogo entre a romena Irina Bara, cabeça 1 do torneio e 105ª do ranking, e a chinesa Xiyu Wang, jovem de 21 anos e 123ª colocada.

Ao longo da semana, Cé já havia vencido a cabeça 4 do torneio e 127ª do mundo Hailey Baptiste. Ela também passou pela lituana Akvile Parazinskaite no primeiro jogo da chave principal e derrotou no quali as também anfitriãs Adriana Reami e Dalayna Hewitt.

A gaúcha se aproxima de seu melhor ranking
Cé está com 29 anos e ocupa o 292º lugar do ranking. A campanha até a semifinal está rendendo 56 pontos na WTA, são seis por ter furado o quali e mais 50 pelas vitórias na chave principal. Uma vaga na final vale 85 pontos, com possibilidade de 140 em caso de título. A gaúcha tem apenas cinco pontos a descartar na semana.

Com os resultados de momento, Cé está voltando ao grupo das 250 melhores do mundo. A melhor marca de sua carreira é a 221ª posição, alcançada em setembro de 2019. Ela pode superar essa marca se for finalista e até entrar no top 200 se for campeã do torneio em quadras de har-tru (saibro verde). Em Charleston, já disputou uma final de ITF W60 no mês de junho do ano passado.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva