Notícias | Dia a dia
'Discurso de Rublev é hipócrita', cutuca Dolgopolov
23/04/2022 às 09h12

Kiev (Ucrânia) - Após defender o veto de Wimbledon a russos e bielorrussos neste ano, o ucraniano Alexandr Dolgopolov usou as redes sociais para disparar contra a declaração do russo Andrey Rublev, que considerou a decisão discriminatória e sem efetividade prática, uma vez que não afetaria em nada a situação do confronto entre Rússia e Ucrânia e só prejudicaria os tenistas.

“Rublev diz que não sabe de nada, que não está lendo as notícias e que não tem conhecimento sobre isso, o que é uma mentira. Rublev jogou um torneio de duplas com um ucraniano 10 dias antes da guerra, ele tem contato direto com qualquer jogador ucraniano em torneios e sim, ele certamente sabe o que está acontecendo”, disse Dolgopolov em sua conta no Twitter.

“Ele escreveu 'não à guerra' em uma câmera de televisão durante os primeiros dias do conflito. Não sabemos se essas palavras significavam que a Ucrânia deveria se render. Esperávamos que ele desse uma explicação, mas é claro que ele não deu nenhuma”, acrescentou o ucraniano.

Dolgopolov ainda sugeriu a Rublev que procurasse a palavra ‘Bucha’ na internet, em referência a uma cidade ucraniana onde a ONU documentou o assassinato de 50 civis. “Tenho certeza que você pode conseguir meu contato e terei prazer em atendê-lo. Seu país está cometendo um genocídio na Ucrânia, que foi reconhecido por líderes americanos, canadenses e letões. A Estônia também o reconheceu em suas leis e os outros o farão em breve”, comentou o ex-top 20, que não parou por aí.

+ Dolgopolov apoia Wimbledon: 'Meu povo está morrendo'
+ Rublev: 'Uma discriminação absoluta contra russos'

“Depois de afirmar que é uma pessoa cega e sem instrução, agora diz que a decisão de Wimbledon não vai ajudar e que é uma situação discriminatória para eles. Você realmente quer que acreditemos que você é ignorante e que não sabe sobre política e então deixa escapar essas palavras inteligentes? Se você realmente não sabe e não se informa, por que está disposto a doar seu dinheiro para famílias e crianças?” questionou.

“Você quer ser o primeiro do esporte a doar? Adivinhe, Roger (Federer) doou US$ 500.000, os Jets (time do futebol americano) doaram US$ 1 milhão, Beckham 1 milhão, a Premier League 1 milhão, o Real Madrid outro milhão e a lista continua. A melhor coisa que você pode fazer é não contar mentiras, como seu governo faz, apenas seguir sua vida normal”, acrescentou.

O ex-tenista profissional encerrou sua fala de forma firme. “Seu país está estuprando crianças e mulheres, atirando em pessoas na nuca e agindo como criminosos. Infelizmente seu discurso está cheio de hipocrisia e mentiras, e ATP e WTA não deveriam apoiar esse tipo de comportamento. Se eles (russos e bielorrussos) querem falar, que o façam com a verdade e sem mentiras. Obrigado a todos pelo apoio e um grande abraço de Kiev”.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva