Notícias | Dia a dia
Fokina alcança melhor ranking, Fognini sai do top 50
18/04/2022 às 08h59

Miami (EUA) - Vice-campeão do Masters 1000 de Monte Carlo, o espanhol Alejandro Davidovich Fokina aproveitou a grande campanha no saibro monegasco para dar o maior salto entre todos os top 100 da ATP. Ele ganhou 19 colocações no ranking desta segunda-feira e entrou pela primeira vez no top 30, atingindo a 27ª posição.

Outros dois que aproveitaram o primeiro Masters 1000 do ano na terra batida para ganhar terreno foram Lorenzo Musetti e Laslo Djere. Os dois foram até as oitavas de final no torneio, o italiano ganhou com isso 15 lugares e agora é o 68º do mundo, já o sérvio teve uma ascensão de 12 colocações, subindo para o 50º posto.

Um dos nomes promissores do circuito, o jovem dinamarquês Holger Rune também teve uma boa ascensão nesta semana. O tenista de 18 anos ganhou sete colocações e agora é o 72º do mundo, ocupando o melhor ranking da carreira.

Do lado oposto, o italiano Fabio Fognini, que defendia pontos do título de 2019 em Monte Carlo, acabou se dando mal e saiu do top 50 pela primeira vez em quase 10 anos. Ele despencou 30 colocações e agora é apenas o 62º do mundo, sua pior posição desde a primeira semana de agosto de 2012, quando era o 66º do ranking.

Também amargaram duras quedas Dusan Lajovic e Roberto Carballes. O sérvio teve uma queda de apenas uma colocação a menos que Fognini, perdeu 29 postos e desceu para a 78ª colocação. O espanhol por pouco não deixou o top 100 depois de cair 18 lugares, mas se segurou na 96ª posição.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva