Notícias | Dia a dia
Monfils desiste de Monte Carlo, Rune fura o quali
10/04/2022 às 12h37

Lesão no pé fez Monfils abandonar o torneio de Monte Carlo

Foto: Reprodução/Twitter

Monte Carlo (Mônaco) - O francês Gael Monfils precisou desistir do Masters 1000 de Monte Carlo. Ele justificou a ausência por uma lesão no pé direito, mas acredita que o problema físico não deixará tanto tempo afastado do circuito. O experiente jogador de 35 anos e 22º do ranking espera voltar antes do Masters 1000 de Madri, que começa em 1º de maio.

"Olá a todos, infelizmente tive de me retirar do Masters 1000 de Monte-Carlo devido a um problema com o meu pé. Os médicos me aconselharam a descansar antes que se torne mais grave. Estou planejando voltar a tempo para jogar em Madri! Até breve!", escreveu Monfils, em suas redes sociais.

Monfils estrearia contra o polonês Hubert Hurkacz, número 14 do mundo e cabeça 11 em Monte Carlo. Mas agora Hurkacz enfrentará o boliviano vindo do quali Hugo Dellien, 93º colocado, em confronto inédito no circuito. Durante o quali, Dellien venceu o francês Adrian Mannarino e o japonês Taro Daniel.

O maior beneficiado pela desistência de Monfils foi o também francês Maxime Cressy, 70º do ranking, que entrou na chave como lucky-loser. Cressy perdeu neste domingo para o dinamarquês de 18 anos Holger Rune, 91º colocado, com parciais de 6/3 e 7/5. Na chave principal, Rune enfrenta Aslan Karatsev, enquanto Cressy mede forças com Laslo Djere.

Rune foi um dos tenistas que atuou em dois torneios neste fim de semana, já que também foi campeão do challenger de Sanremo na manhã de sábado e jogou a rodada inicial do quali de Monte Carlo no mesmo dia. O italiano Flavio Cobolli viajou ainda mais, já que atuou em Mônaco na manhã de sábado, foi para a final de duplas em Sanremo, e retornou ao Masters 1000 para jogar a rodada final do quali. Mas ele perdeu do finlandês Emil Ruusuvuori por 4/6, 6/4 e 6/3. O finlandês agora enfrenta o chileno Cristian Garin.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva