Notícias | Beach Tennis
Lopes Cup: Europa abre vantagem contra América
10/04/2022 às 09h38

Apollo Beach Tennis House, sede dos jogos.

Foto: @Joaosalvatore22

Itu (SP) - O Time Europa abriu vantagem após o término da programação deste sábado e está perto do título da Lopes Cup, desafio Europa x América, competição inédita no beach  tennis que reúne os melhores do mundo do masculino e feminino. O formato é semelhante à Laver Cup do tênis e Ryder Cup, do golfe. O evento é realizado na Apollo Beach Tennis House, em Itu (SP). A premiação total é de R$ 120 mil.

Foram realizadas dez partidas e o time europeu ficou na frente com 19 a 9 no placar e precisa vencer apenas duas das seis partidas deste domingo, com programação começando uma hora mais cedo, a partir das 10h, com o jogo atrasado por conta da chuva de sexta-feira.

O sábado começou com quatro jogos de simples, com três vitórias dos europeus e mais duas partidas de duplas mistas, com um triunfo para cada equipe. Na programação noturna com duas duplas masculinas e duas femininas, os europeus venceram mais três confrontos e o time América apenas um.

Os dois últimos jogos foram dois dos mais atrativos do final de semana. As quatro melhores do mundo no feminino estiveram envolvidas, com triunfo de Rafaella Miiller e a venezuelana Patrícia Diaz por 6/3 6/2 contra as italianas Nicole Nobile e Giulia Gasparri. O time América buscou diminuir a distância, veio embalado pela torcida que lotou a quadra central, mas o ascendente João Wiesinger e o jovem talento Daniel Mola caíram diante dos campeões mundiais de 2019, os italianos Alessandro Calbucci e Michelle Cappelletti, atual melhor do mundo, por 6/4 7/6 (7/4). Os italianos abriram 3/0 no segundo set, sofreram a virada e viram a dupla do time América ter dois set-points, só que em um deles Cappelletti foi com tudo para o saque vencedor e aplicou um ace.

"Tem que ter sangue frio. Semana passada perdi um torneio na final com dois match-points com 6/3, 5/3 e 40 a 30, perdi o jogo, daí quando tivemos match-points hoje eu falei, nossa, duas semanas seguidas não. Conseguimos ter um pouco mais de coragem nos momentos importantes. Foi um ótimo jogo, os meninos atuaram muito bem. Estamos muito felizes", disse Cappelleti. Calbucci destacou a força da dupla que já foi campeã mundial e tem outros troféus no currículo. "Foi muito legal reviver a dupla, mesmo nos momentos de dificuldade te dá confiança e tivemos especialmente no segundo set, tivemos dois match-points, eles salvaram, se empolgaram, galera começou a torcer mais, foi um jogaço, mas a dupla deu certo."

Apesar da boa vantagem e de poder decidir o confronto já no terceiro jogo deste domingo, o capitão europeu Calbucci evitou euforia. "Temos 16 pontos disponíveis neste domingo, tudo pode acontecer. Viradas históricas podem acontecer. Os primeiros dois, três jogos serão decisivos para ver se eles podem se aproximar ou se conseguimos ganhar. Vamos dormir tranquilos, mas ainda há alguns quilômetros para alcançar o topo da montanha."

A capitã do time América, Paty Diaz, não jogou a toalha e prevê chances para a equipe em todos os jogos, mesmo com o placar adverso. Ela acredita na estratégia. "Sabíamos que seria complicado desde o início, mas deixamos por último uma ótima formação, combinação boa de duplas. Em todos os jogos temos chances de vencer. Será o dia mais importante para o nosso time e hoje finalizamos com uma boa energia. Nossa equipe irá com tudo e vamos lutar pela virada."

O domingo começa às 10h com o confronto entre Michelle Cappelletti e o espanhol Antomi Ramos contra o venezuelano Ramon Guedez e o brasileiro João Wiesinger. Na sequência serão mais cinco duelos valendo três pontos cada para definir o confronto e cada uma das equipes escolhendo um dos jogos com um ponto de bônus. As escalações e ordem das partidas saem momentos antes do início da programação do dia.

Resultados Sábado (09/04):

Confronto - Europa 19x9 América

Sessão 3

Veronica Casadei Ninny Valentini (Europa) v. Isadora Trusz/Vitória Marchezini (América), 6/1 6/1

Theo Irigaray/Antoni Ramos (Europa) v. Léo Branco/Ramon Guedez (América), 6/2 6/4

Rafaella Miiller Paty Diaz (América) v. Nicole Nobile/Giulia Gasparri (Europa), 6/3 6/2

 

Sessão 2

Giulia Gasparri/AntomiRamos (Europa) v. Leo Branco/Isadora Trusz (América), 8/1

João Wiesinger/Paty Diaz (América) v. Alessandro Calbucci/Ninny Valentini (Europa), 8/4

Michelle Cappelletti (Europa) v. Nacho Guedez (América), 8/3

Rafa Miiller (América) v. Veronica Casadei (Europa)

Theo Irigaray (Europa) v. Daniel Mola (América), 8/3

Nicole Nobile (Europa) v. Vitória Marchezini (América), 8/2

Programação:

Domingo (10/04):

A partir das 10h - Michelle Cappelletti/Antomi Ramos (Europa) x Ramon Guedez/João Wiesinger (América) - jogo atrasado Sessão 1

A seguir - Cinco partidas Sessão 3 - Partidas a definir

Comentários