Notícias | Dia a dia
Para Matos, virada na estreia embalou o título
10/04/2022 às 09h11

Matos e o espanhol David Vega Hernandez perderam apenas um set no torneio

Foto: Divulgação

Marrakech (Marrocos) - Logo depois de conquistar o ATP 250 de Marrakech e comemorar seu terceiro título de duplas na elite do circuito, Rafael Matos avaliou que a parceria com o espanhol David Vega Hernandez crescia a cada jogo no torneio e que a vitória de virada na estreia, diante do tcheco Roman Jebavy e o austríaco Philipp Oswald, foi fundamental para conquista do último sábado. Matos e Vega cederam apenas um set na competição, justamente na primeira rodada.

"Estou muito feliz pela semana. A gente veio crescendo a cada jogo do torneio. Logo na estreia, perdemos o primeiro set por 6/2, jogando muito mal e com a energia bem baixa. Os nossos adversários vinham de título e estavam jogando muito, mas conseguimos dar a volta, mesmo não nos sentindo tão bem no jogo", disse Matos, recordando a vitória por 2/6, 7/6 (7-3) e 10-6 sobre Jebavy e Oswald no início da semana.

"Sacamos melhor no segundo set, o que nos manteve até o tiebreak. E a gente jogou um pouquinho melhor no super. Foi chave aquela virada na primeira rodada, porque ficamos fortes de cabeça até o final. E a partir dali, já nas quartas, a gente jogou muito bem. Crescemos nos próximos jogos e conseguimos nos sobressair. Depois de quatro semanas de bons treinos e muito físico, estou muito feliz em colher esse resultado", avaliou o gaúcho de 26 anos, que agora segue para o challenger de Madri.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Rafael Matos (@rafaelfmatos)

Outro fator importante para a confiança foi o clima leve da parceria. "Acho que um ponto diferencial foi que, desde o início, eu e o meu parceiro fizemos algumas brincadeiras e isso foi importante para deixar a semana leve. Estávamos bem positivos e fez a diferença", explicou o atual 68º do ranking e que vai se firmar entre os 60 melhores do mundo na modalidade.

Enquanto Matos comemorou seu terceiro ATP, Vega chegou ao segundo título. O espanhol de 27 anos já foi parceiro de outro brasileiro, Fernando Romboli, na conquista do ATP de Umag no ano passado. Na final deste sábado o brasileiro e o espanhol venceram o italiano Andrea Vavassori e o polonês Jan Zielinski por 6/1 e 7/5.

"Perdemos nosso primeiro set por 6/2 nesta semana. Não tivemos um grande começo e, portanto, parece ainda mais especial estar aqui com o troféu", disse o espanhol, durante a cerimônia de premiação. "Também quero parabenizar Andrea, que é um bom amigo. É sempre um prazer dividir a quadra com ele".

O gaúcho também agradeceu pelo apoio recebido nos últimos dias. "Queria agradecer ao meu treinador, Franco Ferreiro, minha família, à namorada, e aos meus amigos pelo carinho e pelas mensagens, deixando a semana ainda mais especial".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva