Notícias | Dia a dia
Meligeni vence mais uma e joga 1ª semifinal do ano
07/04/2022 às 19h39

Meligeni tenta alcançar sua terceira final de challenger da carreira e a primeira do ano

Foto: Mexico City Open

Cidade do México (México) - Os brasileiros tiveram rumos opostos na rodada de quartas de final pelo challenger da Cidade do México. Enquanto Felipe Meligeni venceu seu terceiro jogo seguido e garantiu vaga na semi, Mateus Alves se despediu da competição com derrota para um dos favoritos.

Meligeni superou o argentino Renzo Olivo, 203º do ranking, por 7/6 (7-5) e 6/3 em 1h54 de partida nesta quinta-feira. Depois de um primeiro set sem quebras, o paulista de 24 anos criou pressão constante sobre o saque de seu adversário na parcial seguinte. Ele teve oito break-points no segundo set e quebrou duas vezes para chegar à vitória.

Atual 219º colocado no ranking, Meligeni tenta alcançar sua terceira final de challenger na carreira. Ele tem um título nesse nível, conquistado no fim de 2020 em São Paulo. Antes da ótima semana no México, havia vencido apenas três jogos no circuito de simples em 2022.

A vaga na semifinal está rendendo 45 pontos no ranking para Meligeni, que tem apenas cinco a defender na semana. A melhor marca de sua carreira foi o 178º lugar, alcançado em novembro do ano passado. Seu próximo rival será o suíço Marc-Andrea Huesler, canhoto de 25 anos e 176º do ranking, em confronto inédito no circuito. Quem chegar à final fará 75 pontos na ATP.

Já o também paulista Mateus Alves, de 21 anos e 469º do ranking, foi superado pelo argentino Tomas Etcheverry, cabeça 2 do evento e número 106 do mundo, que marcou um duplo 6/1 em apenas 1h20 de partida. Vindo do quali no México, Alves recebe 30 pontos por ter vencido quatro jogos no torneio. Ele deve superar o melhor ranking da carreira e figurar entre os 400 melhores do mundo.

Pucinelli e Jarry na semifinal de duplas
O Brasil também terá um representante na semifinal de duplas. O paulista Matheus Pucinelli jogará ao lado do chileno Nicolas Jarry. Eles superaram nas quartas Mateus Alves e o norte-americano Ernesto Escobedo por 7/6 (7-3) e 7/6 (7-2). Os próximos rivais podem ser Evgeny Donskoy e Grigoriy Lomakin ou o colombiano Nicolas Barrientos e o mexicano Miguel Angel Reyes-Varela, principais cabeças de chave do torenio.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva