Notícias | Dia a dia
Fruhvirtova aproveita convite e vence em Charleston
04/04/2022 às 16h08

Fruhvirtova, de 16 anos, se destacou em Miami e chegou até as oitavas

Foto: Credit One Charleston Open

Charleston (EUA) - Depois de se destacar no WTA 1000 de Miami, em que venceu três jogos na chave principal e só parou nas oitavas de final, a tcheca de apenas 16 anos Linda Fruhvirtova recebeu mais um convite, desta vez para o WTA 500 de Charleston, e novamente aproveitou a chance. Ela estreou no tradicional torneio em quadras de har-tru (saibro verde) eliminando a croata Ana Konjuh, 62ª do ranking, com parciais de 4/6, 6/1 e 6/3.

Fruhvirtova é a número 2 do ranking mundial juvenil e já aparece na 188ª posição na WTA. Ela ultrapassou 91 jogadoras com a ótima campanha em Miami, onde só foi superada pela top 10 Paula Badosa. Há duas semanas, aparecia apenas no 279º lugar. A vitória na estreia em Charleston rende 30 pontos na WTA à tcheca.

A próxima adversária de Fruhvirtova em Charleston virá da partida entre a suíça Belinda Bencic, cabeça 10 do torneio e 21ª do ranking, e a chinesa Xiyu Wang, canhota de 21 anos e 149ª do ranking.

Badosa, Pliskova e Ryakina conhecem rivais
Estão definidas as adversárias de estreia de algumas das favoritas. É o caso da espanhola Paula Badosa, nova número 3 do mundo. Ela enfrentará a húngara Anna Bondar, que derrotou a holandesa Arianne Hartono por 6/1 e 6/4. Já a tcheca Karolina Pliskova, cabeça 3 do torneio e sétima do ranking, encara a ucraniana Katarina Zavatska, que fez 6/4 e 6/2 contra a chinesa Yue Yuan.

Quem também enfrenta uma ucraniana é a cazaque Elena Rybakina, cabeça 5. Ela estreia contra Anhelina Kalinina, que bateu Aliaksandra Sasnovich por duplo 6/4. Já a norte-americana Madison Keys, nona cabeça de chave e campeã em 2019, enfrenta a norueguesa Ulrikke Eikeri, que bateu a ucraniana Nadiia Kichenok por 5/7, 6/2 e 6/2.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva