Notícias | Dia a dia
Alcaraz: 'Parecia que eu estava jogando na Espanha'
01/04/2022 às 11h47

Miami (EUA) - Não foi nada fácil, mas o espanhol Carlos Alcaraz conseguiu superar mais um teste no Masters 1000 de Miami. Na noite de quinta-feira, o jovem tenista travou um duelo disputadíssimo com o sérvio Miomir Kecmanovic, vencendo de virada para garantir sua segunda semifinal consecutiva, repetindo o desempenho de Indian Wells.

Após a grande vitória, Alcaraz mais uma vez destacou o apoio do público no Hard Rock Stadium. “Houve muitos momentos em que me arrepiei, acho que foi uma partida super disputada, muito apertada. A atmosfera que vivenciei hoje foi incrível, sem dúvida a melhor que experimentei nestas quadras desde o início do torneio”, falou o espanhol.

“Parecia que eu estava jogando na Espanha, tem sido incrível. É uma loucura, a energia com que me apoiaram foi uma dádiva. A verdade é que acho que sem eles não teria conseguido chegar às semifinais do torneio”, complementou o tenista de apenas 18 anos, que pode chegar ao top 10 pela primeira vez se for campeão do torneio.

Mesmo com a pouca idade, Alcaraz mostra maturidade ao tratar os fãs que vai aos poucos colecionando. “Todas as pessoas que me seguem de fora são super importantes, me considero uma pessoa próxima e amigável, gosto de estar perto dos fãs. Também já pedi autógrafos quando era pequeno, então agora tenho que fazer o mesmo como atleta e sempre tento fazer o que me pedem”.

Sobre o duelo com Kecmanovic, o espanhol falou que foi uma grande batalha contra um rival que também merecia vencer. “Estou muito feliz com a minha seriedade nos momentos importantes e estou feliz que os drop shots estão sendo uma arma muito importante para mim. Não só posso acertar a bola com força, mas isso é algo que estou usando muito bem a meu favor”, analisou Alcaraz.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva