Notícias | Dia a dia
Soares e Murray perdem para argentinos na estreia
25/03/2022 às 17h20

Soares e Murray sofreram a virada contra Federico Delbonis e Maximo Gonzalez

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - A participação brasileira na chave de duplas do Masters 1000 de Miami começou com derrota de Bruno Soares e seu parceiro britânico Jamie Murray. Cabeças de chave número 7 do torneio, Soares e Murray foram superados pelos argentinos Federico Delbonis e Maximo Gonzalez, com parciais de 6/7 (4-7), 6/4 e 10-8 em 1h59 de partida.

Esta foi a 13ª participação de Bruno Soares no torneio em Miami. Com 40 anos recém-completados, o mineiro de Belo Horizonte é o atual 19º colocado no ranking de duplas. Seu melhor resultado segue sendo a semifinal em 2015, ao lado de Marcelo Melo. Na atual temporada, Soares e Murray venceram seis jogos e perdeu outros sete, com destaque para a final do Rio Open.

Durante o primeiro set da partida, Soares e Murray precisaram mostrar poder de reação. Eles foram quebrados duas vezes e perdiam por 5/2, mas conseguiram buscar o empate e venceram a parcial no tiebreak. O segundo set teve apenas uma quebra, conquistada pela dupla argentina no último game da parcial, quando Soares estava sacando. O mineiro e seu parceiro britânico tiveram quatro break-points no set.

Já no match-tiebreak, os argentinos abriram vantagem. Eles venceram três pontos nas devoluções e vinham impecáveis no saque, chegando a lidear o placar por 9 a 3. Soares e Murray estiveram o tempo todo atrás no placar e chegaram a salvar cinco match-points, mas não evitaram a eliminação na estreia.

Com a derrota de Bruno Soares nesta sexta-feira, o também mineiro Marcelo Melo passa a ser o último brasileiro na chave de duplas masculinas em Miami. Melo e o croata Ivan Dodig enfrentam na estreia os belgas Sander Gille e Joran Vliegen.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva