Notícias | Dia a dia
Zverev usa saque para tirar Coric no terceiro set
25/03/2022 às 18h03

O alemão tenta recuperar o terceiro lugar do ranking durante o Masters 1000 de Miami

Foto: Peter Staples/ATP

Miami (EUA) - Depois da decepcionante atuação em Indian Wells, o alemão Alexander Zverev jogou seu melhor tênis no terceiro set e superou o croata Borna Coric em sua primeira partida no Masters 1000 de Miami, onde já foi finalista em 2018. O placar foi de 6/4, 3/6 e 6/3.

Com a ausência de Rafael Nadal, o alemão precisa de mais duas vitórias neste torneio para já recuperar o terceiro posto do ranking, que cedeu segunda-feira após o vice do canhoto espanhol em Indian Wells.

O próximo adversário de Zverev sai do duelo entre o búlgaro Grigor Dimitrov e o local Mackenzie McDonald. No mesmo quadrante, estão o argentino Diego Schwartzman e o italiano Lorenzo Sonego, que atuam mais tarde.

Zverev empatou o histórico contra Coric no sexto duelo entre eles com altos e baixos. Sacou bem no primeiro set e se valeu do único game em que o croata baixou de intensidade, mas depois foi dominado por Coric, que jogou de forma mais agressiva e viu erros da base do adversário.

O croata venceu na quarta-feira seu primeiro jogo no circuito em um ano, já que ficou parado desde Roterdã do ano passado por contusão no ombro direito. Essa falta de ritmo ficou mais clara no terceiro set, em que não conseguiu mexer tão bem Zverev. Uma quebra logo no segundo game abriu caminho para Sascha, que perdeu apenas três quando acertou o poderoso primeiro saque nesse set final. Ao todo, marcou 12 aces.

Norrie e Carreño avançam
O britânico Cameron Norrie teve dois sets duros no duelo caseiro diante do convidado e também canhoto Jack Draper, de 20 anos, e estreou em Miami com placar de 7/6 (7-5) e 6/4. Agora, fará novo jogo de canhotos diante do francês Hugo Gaston. Com 1,73m, ele parou o gigante John Isner, quase 40 centímetros mais alto, com parciais idênticas à de Norrie.

Já o espanhol Pablo Carreño confirmou a condição de cabeça 17 ao superar o belga David Goffin, por 6/3 e 6/2. Ele enfrentará na próxima rodada o atual finalista, o italiano Jannik Sinner, que sofreu diante do finlandês Emil Ruusuvuori, salvou três match-points no tiebreak decisivo e por fim finalizou com placar de 6/4, 3/6 7/6 (10-8).

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva