Notícias | Dia a dia
Daniel supera Pucinelli e chega às quartas na Bolívia
23/03/2022 às 21h25

Daniel Silva entrou na chave como lucky-loser e já avançou duas rodadas

Foto: Arquivo

Santa Cruz de la Sierra (Bolívia) - No duelo entre representantes de diferentes gerações do tênis brasileiro, o veterano Daniel Dutra da Silva levou a melhor sobre o jovem Matheus Pucinelli e garantiu vaga nas quartas de final do challenger de Santa Cruz de la Sierra, em quadras de saibro na Bolívia. Daniel, de 33 anos e 322º do mundo, marcou um duplo 6/4 em 1h53 de partida nesta quarta-feira.

Depois de entrar na chave principal como lucky-loser, Daniel Silva já venceu dois jogos na chave principal em Santa Cruz. Ele havia superado na última terça-feira o austríaco Gerald Melzer, 270º do ranking, também em sets diretos. Vencedor de 24 títulos de ITF, Daniel comemorou sua 27ª vitória em partidas de nível challenger na carreira.

A vaga nas quartas de final rende 16 pontos na ATP ao experiente paulista, que pode fazer 30 pontos se for semifinalista do torneio. O melhor ranking de sua carreira foi o 231º lugar, alcançado ainda na temporada de 2009 do circuito.

Pucinelli está com o melhor ranking da carreira. O jovem paulista de 20 anos ocupa o 224º lugar e saltou 17 posições em relação à marca anterior. Neste ano, ele já conseguiu sua primeira vitória em chaves principais de ATP, contra Holger Rune, em Santiago e vinha de quartas em dois challengers seguidos no Chile. Por ter superado a estreia, faz 7 pontos na ATP, mas tinha seis a defender na semana.

O adversário de Daniel Silva nas quartas será o chileno Tomas Barrios Vera, cabeça 5 do torneio e 147º do ranking, que evitou um duelo nacional ao vencer o paulista Felipe Meligeni por 4/6, 6/3 e 6/4. Barrios venceu o único duelo anterior contra Daniel, disputado em um torneio de nível future em 2017.

Superado nas oitavas, Felipe Meligeni aparece atualmente no 223º lugar do ranking da ATP e tem como melhor marca da carreira a 178ª posição, alcançada em novembro do ano passado. O paulista de 24 anos tem só duas vitórias no circuito de simples na temporada, mas vem de bons resultados nas duplas, com destaque para o título do ATP de Santiago, ao lado de Rafael Matos.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva