Notícias | Dia a dia
Swiatek marca a terceira virada e chega às quartas
15/03/2022 às 19h32

Swiatek conseguiu três vitórias seguidas saindo atrás no placar

Foto: BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) - A campanha de Iga Swiatek em Indian Wells tem sido marcada por jogos longos. Assim como já havia acontecido contra a ucraniana Anhelina Kalinina e a dinamarquesa Clara Tauson nas duas primeiras fases, Swiatek conseguiu sua terceira virada seguida para garantir um lugar nas quartas de final. A polonesa começou atrás no placar contra a alemã Angelique Kerber, 16ª do ranking, por 4/6, 6/2 e 6/3 em 2h08 de partida.

Terceira cabeça de chave em Indian Wells e número 4 do mundo, Swiatek já conquistou o primeiro WTA 1000 da temporada em Doha e já tem oito vitórias seguidas no circuito. Ela falou na entrevista em quadra sobre o quanto é difícil enfrentar uma jogadora tão consistente como é Kerber, ex-número 1 e vencedora de três Grand Slam.

"Eu gostaria de ter vencido em dois sets, mas estou feliz por ter conseguido virar o jogo. Jogar contra a Angie é uma honra e grande experiência. Eu tive a oportunidade de enfrentar grandes jogadoras como ela, a Caroline Wozniacki e também a Simona [Halep] porque elas são muito consistentes há muitos anos. E tenho muito respeito por elas", comentou a jovem polonesa de 20 anos. Ela espera pela vencedora entre a norte-americana Madison Keys e a britânica Harriet Dart.

"Normalmente eu sei o que eu estou fazendo na quadra, mas hoje eu não sabia se deveria atacar ou apenas ser paciente e sustentar as trocas de bola", admitiu Swiatek. "Foi um jogo difícil porque às vezes ela só colocava a bola na quadra e eu corria mais riscos de cometer erros. Mas às vezes ela atacava quando eu jogava mais lento. Então, foi difícil balancear isso. Mas nos momentos importantes, eu fui paciente e acho que isso foi decisivo".

Swiatek começou o jogo com dificuldades para manter o saque. Ela enfrentou break-points nos quatro primeiros games de serviço e foi quebrada em três deles, com direito a quatro duplas faltas. Mesmo com sinais de melhora no fim do set e a redução na diferença do placar, já que chegou a estar perdendo por 5/2, a polonesa não evitou que Kerber vencesse a primeira parcial. Ela fez 14 a 6 em winners no set, mas cometeu 27 erros contra 10 da alemã.

No segundo set, Swiatek esteve o tempo todo à frente no placar, apesar de ter perdido dois games de saque. Ela conseguiu ser mais agressiva nas devoluções para pressionar o saque da adversária com maior frequência, conquistando quatro quebras. Desta vez, a polonesa fez oito winners e oito erros. Já no terceiro set, Kerber começou melhor e foi a primeira a quebrar, chegando a liderar por 3/2, mas Swiatek tentou colocar o máximo de bolas em quadra e ser ainda mais consistente. Durante a parcial decisiva, a polonesa cometeu apenas cinco erros, e terminou o jogo vencendo quatro games seguidos. Swiatek fez 36 a 14 em winners na partida e cometeu 40 erros contra 22 de Kerber.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva