Notícias | Dia a dia
Apesar da derrota, Tsitsipas não sai frustrado
15/03/2022 às 14h59

Indian Wells (EUA) - Embora tenha amargado uma eliminação precoce no Masters 1000 de Indian Wells, parando no norte-americano Jenson Brooksby ainda na terceira rodada, o grego Stefanos Tsitsipas não saiu de quadra insatisfeito com o resultado. Na verdade ele disse ter visto apenas coisas boas, já que vem jogando sem dores no cotovelo, que é o principal no momento.

“Realmente espero que possa ir bem em grandes torneios. Não vejo lado negativo em nada, eu olho para os piores dias que tive antes e sou muito grato por ser capaz de viver minha vida do jeito que está agora. Estou jogando melhor do que imaginaria. Fico muito feliz em conseguir isso depois de ter sofrido com problemas crônicos de cotovelo”, comentou o grego.

Além de falar na felicidade em competir sem dor, Tsitsipas também explicou o problema que teve com o calçado no meio da partida. “Nunca tinha usado este par de tênis antes e é difícil, às vezes, jogar com um calçado que você não usou nos últimos dias. Eles são muito duros e rígidos no começo e leva tempo para se ajustarem ao pé”, disse o número 5 do mundo.

“O problema foi no cadarço, é sempre o cadarço que quebra. Geralmente acontece em dropshots. Eu tenho essa coisa que faço com meus pés. Se você verificar em câmera lenta, vai ver que eu torço meu pé na outra direção. Isso praticamente força demais e tritura o cadarço que fica na parte de fora”, complementou o grego

Tsiysipas analisou o desempenho de seu algoz no torneio. “Ele coloca muitas bolas dentro, não é muito explosivo, mas tem essa capacidade de colocar tudo em quadra. Ele não é o mais atlético, mas lê muito bem o jogo e aproveita o ritmo de bola do adversário para gerar. É muito consistente”, declarou o tenista de 23 anos.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva