Notícias | Dia a dia
Após 1º set complicado, Badosa embala e avança
15/03/2022 às 00h38

A primeira parcial contra Sorribes durou 1h20, mas depois Badosa não correu mais riscos

Foto: BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) - O duelo entre as espanholas Paula Badosa e Sara Sorribes pela terceira rodada do WTA 1000 de Indian Wells teve duas parciais bem distintas. O primeiro set foi duríssimo, com 1h20, e decidido apenas no tiebreak. Mas depois disso, a atual campeã assumiu o controle da partida e garantiu vaga nas oitavas de final. Número 7 do mundo, Badosa marcou as parciais de 7/6 (7-4) e 6/1 em 2h jogo diante da compatriota, 36ª do ranking.

"Foi um jogo duro, ela me conhece muito bem. Essa foi a parte difícil porque quando eu ia bater o forehand, ela já estava esperando na posição certa. Esse é o problema de enfrentar uma amiga. Mas eu sabia que precisva ficar no jogo mentalmente, lutei até o último ponto e isso me deu a vitória", disse Badosa, que marcou sua quarta vitória em seis jogos contra Sorribes no circuito.

"Eu não sabia o que fazer depois daquele set. Achava que fosse morrer em quadra se tivesse mais um set como aquele. Quando eu estava cansada, eu tentei pensar no quanto eu sou uma lutadora em quadra", acrescentou a espanhola de 24 anos. Ela espera pela vencedora entre a canadense Leylah Fernandez e a norte-americana Shelby Rogers.

Uma sequência de seis quebras de serviço abriu o confronto entre as espanholas até o empate por 3/3. Logo depois, Badosa ainda salvou break-points quando o placar estava empatado por 4/4 e 5/5. Sorribes, como de costume, fazia a rival disputar muitos ralis longos e se defendia muito bem do fundo de quadra, além de também jogar bem junto à rede. Ela salvou um set-point depois de uma sequência de três ótimos voleios no mesmo ponto. E depois fez um jogo firme de fundo para forçar o tiebreak. No game-desempate, o tênis mais agressivo de Badosa foi determinante.

Logo na abertura do segundo set, a atual campeã conseguiu uma nova quebra de serviço, mas desta vez ela confirmou o saque e ainda quebrou de novo para largar com 3/0 no placar. Com isso, passou a jogar de forma mais confortável em quadra e comandava os ralis. Mais confiante, Badosa não perdeu o controle da partida e sequer enfrentou break-points no segundo set. Ela fez 29 winners na partida, contra 18 da rival.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva