Notícias | Dia a dia
Murray busca virada e celebra a vitória nº 700
11/03/2022 às 18h20

Murray é o 18º jogador a atingir 700 vitórias no circuito e o quarto em atividade

Foto: BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) - A sexta-feira foi especial para Andy Murray, que comemorou a vitoria de número 700 no circuito da ATP. Em sua estreia no Masters 1000 de Indian Wells, Murray enfrentou o japonês Taro Daniel pela terceira vez no ano, depois de uma derrota na Austrália e uma vitória em Doha. O britânico começou atrás no placar, mas conseguiu a virada, com parciais de 1/6, 6/2 e 6/4 em 1h57 de partida.

Aos 34 anos, Murray é o 18º jogador a alcança 700 vitórias na carreira. Entre os tenistas em atividade, só fica atrás de Roger Federer (1.251), Rafael Nadal (1.043) e Novak Djokovic (991). O ex-número 1 do mundo aparece atualmente no 88º lugar do ranking, tendo voltado recentemente ao top 100, depois de duas cirurgias no quadril que o fizeram cogitar encerrar a carreira há três temporadas.

O próximo compromisso de Murray em Indian Wells será contra o cazaque Alexander Bublik, 33º do ranking. O histórico de confrontos é favorável ao britânico, que venceu na grama de Wimbledon em 2017 e também na quadra dura e coberta de Roterdã na atual temporada do circuito.

Depois de um 1º set com só 2 winners, britânico reagiu
Apesar de ter criado dois break-points logo no início da partida, Murray não teve um bom primeiro set. Ele fez apenas dois winners contra 10 do japonês e teve seu serviço quebrado duas vezes, permitindo a Daniel vencer cinco games seguidos.

Jogando melhor no segundo set, Murray foi mais agressivo. Ele ficava sempre na linha de base e já conseguia definir os pontos com mais frequência, fazendo sete winners contra seis de Daniel, além de contar com 12 erros não-forçados do adversário. O britânico abriu 5/0, foi quebrado quando sacava para o set, mas voltaria a quebrar na sequência.

O terceiro set começou com uma quebra a favor de Daniel, que abriu 2/0. A parcial decisiva foi marcada por ralis mais longos do fundo de quadra, em que o britânico mostrava ter mais peso de bola, especialmente quando usava o backhand nas cruzadas. Ditando os pontos, Murray devolveu a quebra no sexto game da parcial e voltaria a quebrar no último game da partida. Daniel fez 27 a 14 em winners, mas cometeu 28 erros contra 20 do britânico.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva