Notícias | Dia a dia
Cirstea celebra sua melhor fase em oito anos
02/03/2022 às 17h35

Cirstea aparece no top 30 pela primeira vez desde 2013

Foto: Open 6eSens - Lyon

Lyon (França) - De volta ao grupo das 30 melhores do ranking depois de oito temporadas, a romena Sorana Cirstea aproveita seu bom início de 2021 e já está nas quartas de final do WTA 250 de Lyon. Segunda cabeça de chave do torneio francês em quadras duras e cobertas, a experiente jogadora de 31 anos venceu a suíça Stefanie Voegele por 6/3 e 7/5.

O melhor ranking da carreira de Cirstea é o 21º lugar, alcançado em agosto de 2013, depois que ela foi finalista do WTA 1000 de Toronto. Ela conseguiu se manter no top 30 por praticamente um ano, até a perda desses pontos. Também em 2014, começou a sofrer com uma lesão no ombro e precisou de cirurgia, saindo até do top 200. Ela conseguiu voltar ao grupo das cem melhores em 2016 e oscilou no ranking nesse período para finalmente encaixar uma boa sequência a partir do ano passado.

Em 2021, Cirstea encerrou um jejum de 13 anos sem títulos ao vencer o WTA de Istambul. Semanas depois, ela também disputou uma final em Estrasburgo. Já neste início de 2022, a romena tem oito vitórias e cinco derrotas, com destaque para as oitavas de final do Australian Open. Sua próxima rival é a húngara Anna Bondar, que só precisou jogar um set. Ela havia vencido a primeira parcial contra a britânica Katie Boulter por 6/3 antes de a rival abandonar a disputa.

Quem também está nas quartas é a belga Alison Van Uytvanck, 55ª do ranking. Ela venceu seu jogo contra Varvara Gracheva por 6/2 e 6/4. Sua próxima rival pode ser a francesa Caroline Garcia ou a italiana Martina Trevisan.

Dois jogos complementaram a primeira fase do torneio nesta quarta-feira. Cabeça 3 em Lyon e 35ª do ranking, a suíça Viktorija Golubic venceu a lucky-loser japonesa Mai Hontama por 1/6, 6/4 e 6/4. Golubic enfrenta nas oitavas Vitalia Diatchenko, jogadora nascida na Rússia e que está atuando sob bandeira neutra por conta das sanções esportivas ao país. Diatchenko, de 31 anos e 118ª colocada, venceu a alemã Anna-Lena Friedsam por 6/3, 2/6 e 6/4.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva