Notícias | Dia a dia
Wild despenca no ranking e sai do top 200
28/02/2022 às 08h38

Miami (EUA) - A semana de Copa Davis não começou nada boa para dois dos três principais nomes do país no ranking da ATP. Quem mais sofreu foi o paranaense Thiago Wild, que defendia os pontos do título do ATP 250 de Santiago, mas não passou da segunda rodada e com isso despencou 81 colocações e saiu do top 200, aparecendo agora no 216º lugar.

Número 1 do Brasil, o cearense Thiago Monteiro também não se deu bem, mas amargou uma queda bem menor, perdendo sete colocações e indo para o 114º posto. Já o paulista Felipe Meligeni se deu bem, subiu nove lugares e se aproximou da volta ao top 200. Ele agora é o 210º do mundo, um pouco abaixo da melhor marca da carreira (178ª).

O jovem paulista Matheus Pucinelli foi mais um que conseguiu boa subida. O tenista de 20 anos ganhou 23 posições e agora é o 241º do mundo e já é o quarto melhor do país na ATP. De quebra, ele também alcançou sua melhor colocação da carreira no ranking.

São mais três os brasileiros no top 300, o primeiro deles o mineiro João Menezes, que segue afastado do circuito por causa de lesão no joelho e agora perdeu mais uma posição, descendo para o 254º posto. Logo abaixo dele está o paulista Igor Marcondes, também afastado depois de problemas com o antidoping, que caiu quatro lugares e foi para o 266º.

Fecha essa lista de tenistas do país entre os 300 melhores do mundo o gaúcho Orlando Luz, que se manteve na 284ª colocação, não muito distante da melhor da carreira, o 272º posto alcançado em agosto do ano passado.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva