Notícias | Dia a dia
Tcheca de 16 anos conquista Banana Bowl em Criciúma
26/02/2022 às 12h25

Lucie Havlickova é a terceira tcheca a vencer o Banana Bowl

Foto: Luiz Candido/CBT

Criciúma (SC) - A tcheca de 16 anos Lucie Havlickova conquistou neste sábado o título da categoria principal do Banana Bowl, torneio juvenil mais tradicional do Brasil, que teve sua 52ª edição disputada nas quadras de saibro da Sociedade Recreativa Mampituba, na cidade catarinense de Criciúma. Ela venceu a final dos 18 anos contra a canadense Annabelle Xu por duplo 6/2.

Este é o título mais importante na carreira de Havlickova, que já havia vencido outros seis torneios internacionais entre 2019 e 2021. A conquista do Banana Bowl, torneio de nível ITF JA no circuito da Federação Internacional vale 500 pontos no ranking mundial juvenil. Atualmente, ela ocupa o 43º lugar do ranking e tem como melhor marca da carreira a 35ª posição.

Havlickova veio do qualificatório e venceu oito jogos seguidos sem perder sets. Durante a fase prévia, eliminou três brasileiras, Nicole Serraglio, Antonia Ferrarini e Valentina Torres da Silva. Já na chave principal, bateu a eslovaca Irina Balus, a canadense Mia Kupres, a húngara Luca Udvardy e a norte-americana Qavia Lopez antes da final com Xu.

Para superar Xu na decisão deste sábado em Criciúma, Havlickova exibiu um tênis agressivo e bastante comum entre as jogadoras tchecas, mesmo nas quadras de saibro. Ela tentava jogar em cima da linha de base, pegar muitas bolas na subida e definir os pontos batendo reto na bola com o forehand. Já a canadense Xu, 50ª do ranking, apostava em algumas bolas mais altas e com menos peso.

A tcheca rapidamente abriu vantagem e colocou pressão constante sobre o serviço da adversária. Ela chegou a sacar para o jogo quando vencia o segundo set por 5/1 e acabou sendo quebrada, mas a vitória foi confirmada no game seguinte.

Havlickova é a terceira tcheca a vencer a categoria principal do Banana Bowl, juntando-se a Helena Sukova em 1981 e Petra Kukova em 1988. Por sua vez, Xu tentava ser a segunda canadense a conquistar o título, repetindo o feito de Sharon Fichman em 2005. A vice-campeã recebe 350 pontos no ranking mundial juvenil.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva