Notícias | Dia a dia
Algoz de Djokovic, Vesely encara Shapovalov na semi
24/02/2022 às 19h39

Vesely derrotou Djokovic pela segunda vez no circuito e marcou sua quarta vitória contra top 10

Foto: DDF Tennis Championships

Dubai (Emirados Árabes) - Responsável por eliminar Novak Djokovic nas quartas de final do ATP 500 de Dubai, o tcheco Jiri Vesely faz uma campanha impecável no torneio. Ele já havia passado pelos experientes Marin Cilic e Roberto Bautista Agut nas duas duas primeiras rodadas da chave principal e também vinha de outras duas vitórias no quali. Ele agora desafia o canadense Denis Shapovalov, 14º do ranking, em confronto inédito no circuito.

"Nunca pensei que teria chance contra Novak. Ele é um dos maiores de todos os tempos. Após os últimos 12 meses, é inacreditável. Estou muito emocionado e é difícil de descrever. É uma sensação incrível", disse Vesely, após a vitória por 6/4 e 7/6 (7-4) sobre Djokovic nesta quinta-feira. "Eu amo essas partidas contra os melhores jogadores do mundo. Ter estádios cheios é algo com que sonhei a vida toda".

Canhoto de 28 anos, Vesely é ex-número 1 do ranking juvenil e chegou a ocupar o 35º lugar da ATP em 2015. O experiente tcheco tem dois títulos no circuito, o último há dois anos em Pune, na Índia. Esta foi a segunda vez que ele derrotou Djokovic, repetindo o resultado de Monte Carlo em 2016. Além disso, agora acumula quatro vitórias contra top 10 na carreira.

"Novak ele é um jogador muito sólido do fundo de quadra. Ele se move muito bem. Para ganhar dele, você realmente tem que lutar por cada ponto. Acho que fiz um trabalho incrível hoje e tentei manter os ralis curtos", explicou o tcheco.

"Eu estava muito nervoso no início da partida. Sabia que seria importante começar bem porque quando os jogadores desse nível começam com uma quebra, eles se soltam e ficam mais relaxados, então é muito difícil parar esses caras. A partida no geral foi muito física. No final, eu estava realmente muito cansado. Mas talvez isso tenha me ajudado a não pensar muito que estava perto da vitória. Eu estava tão cansado que realmente não estava pensando muito no placar".

O resultado acabou tendo impacto direto no ranking. A eliminação de Djokovic significa que o sérvio vai perder a liderança para o russo Daniil Medvedev. "É ótimo para o tênis ter alguém novo no número 1 do mundo", acrescentou Vesely. "Novak é um campeão, ele foi o número 1 por 361 semanas, mas o tênis precisa de novos números 1 do mundo e há uma nova geração chegando e eu acho isso ótimo".

Adversário de Vesely na semifinal, Shapovalov vem de uma vitória nas quartas sobre o lituano Ricardas Berankis por 7/6 (7-4) e 6/3. Foi a segunda vitória seguida em sets diretos para o canadense, que havia passado pelo japonês Taro Daniel nas oitavas. Seu jogo mais difícil no torneio foi contra Marton Fucsovics na estreia, quando ele venceu de virada.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva