Notícias | Dia a dia
Raducanu sente lesão após 3h30 e abandona
23/02/2022 às 01h52

Raducanu segue com apenas uma vitória na atual temporada do circuito

Foto: WTA Guadalajara

Guadalajara (México) - Em jogo com boa presença de público na noite desta terça-feira, Emma Raducanu foi eliminada na estreia do WTA 250 de Guadalajara. Principal cabeça de chave do torneio mexicano em quadras de piso duro, Raducanu esteve perto da vitória em sets diretos contra a australiana Daria Saville, mas não conseguiu fechar a partida na segunda parcial. Já no set decisivo, sentiu uma lesão no quadril esquerdo e não teve condições de continuar. Saville vencia por 5/7, 7/6 (7-4) e 4/3 após 3h36 de partida. 

Agora número 12 do mundo e atual campeã do US Open, Raducanu tem apenas uma vitória na temporada. A britânica de 19 anos havia avançado uma rodada no Australian Open. Antes disso, também atuou em Sydney, mas caiu ainda na estreia. Em Melbourne, também sofreu com problemas físicos, mas na mão direita, o que dificultava sua execução do backhand.

Algoz de Raducanu na partida de estreia, Saville é ex-top 20 e atualmente apenas 610ª do ranking, voltando ao circuito após lesão e cirurgia no tendão de Aquiles. A tenista de 27 anos e nascida na Rússia usava o sobrenome Gavrilova, antes de se casar com Luke Saville no ano passado. Sua próxima rival será a norte-americana Caroline Dolehide, que venceu a chinesa Lin Zhu por 4/6, 6/3 e 6/4.

Raducanu sofreu quebras em seus dois primeiros games de serviço e começou o jogo perdendo por 3/1. Ela conseguiu devolver a quebra no sexto game, antes de virar para 4/3. A britânica precisou de sete set-points para fechar a parcial, sendo que em muitos deles sequer pôde disputar os pontos. Gavrilova salvou um com ace no meio, outro com saque aberto não retornado, ou ainda combinando saque e primeira bola. Mas a insistência deu resultado até a nova quebra na reta final do set.

No segundo set, a britânica abriu 3/0 e vinha sempre à frente no placar, mesmo com uma série de cinco quebras seguidas durante a parcial. Raducanu chegou a liderar por 5/3, mas foi quebrada quando sacava para o jogo. Logo na sequência, Saville enfim confirmou o saque. A australiana venceu o set em um difícil tiebreak. Já no terceiro, Raducanu abriu 2/0, mas logo cedeu o empate de novo. 

Quando o jogo já tinha mais de 3h20 de disputa, a britânica recebeu atendimento médico fora da quadra para tratar de um problema na coxa esquerda. Ela voltou à quadra e jogou mais dois games, mas não conseguiu continuar até o fim.

Sorribes e Osorio avançam, Stephens conhece rival

A espanhola Sara Sorribes, cabeça 3, passou pela norte-americana Katie Volynets por 6/4 e 6/1. Nas oitavas, a atual 32ª do ranking espera pela vencedora entre a polonesa Magdalena Frech e a mexicana Renata Zarazua.

Quem também estreou com vitória foi a colombiana Camila Osorio, quarta favorita e 45ª do ranking. A jovem jogadora de 20 anos superou nesta terça-feira a búlgara Viktoriya Tomova por 6/4 e 6/3. Sua próxima adversária é a norte-americana Hailey Baptiste, que fez um duplo 6/3 contra a eslovaca Viktoria Kuzmova.

Também já está definida a próxima adversária de Sloane Stephens no torneio. Depois da vitória sobre a jovem promessa tcheca de 14 anos Brenda Fruhvirtova na última segunda-feira, a experiente norte-americana de 28 anos e 57ª do ranking enfrentará a francesa Chloe Pacquet, que marcou um duplo 7/5 contra a espanhola Rebeka Masarova.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva