Notícias | Dia a dia
Rublev enfim retorna aos títulos em Marselha
20/02/2022 às 12h09

Rublev conseguiu devolver derrota na final de Roterdã e comemorou seu nono título de ATP

Foto: Fotojump

Marselha (França) - Depois de exatos 12 meses, período em que amargou três vices em diferentes superfícies, o russo Andrey Rublev voltou a erguer troféus. Conquistou neste domingo o ATP 250 de Marselha, vingando-se do canadense Felix Auger-Aliassime, para quem havia perdido na semi da semana passada na Holanda. Desta vez, o número 7 do mundo marcou 7/5 e 7/6 (7-4).

Rublev conquistou seu oitavo título de ATP em fevereiro do ano passado e depois perdeu as finais de Monte Carlo, Halle e Cincinnati. O sucesso neste domingo o mantém invicto sobre finais disputadas em piso sintético coberto, como aconteceu em Moscou, São Petersburgo, Viena e Roterdã.

Aliassime por sua vez somou o nono vice-campenato de sua jovem carreira. Ele perdeu as oito primeiras finais disputadas até enfim ganhar Roterdã no último domingo. Ele se manterá no nono lugar do ranking.

Rublev reage
O canadense quebrou logo o primeiro serviço de Rublev e deu a impressão que iria disparar no placar. Mas cedeu também o saque e a partir daí passou a ter muitos problemas com o serviço. Com isso, o russo conseguiu manter os ralis mais longos e se mostrou muito firme nas trocas, com bolas sempre profundas. Obteve a quebra decisiva num game muito ruim do canadense, que não ganhou pontos com o saque, e fechou em seguida.

Aliassime por vezes pareceu estafado. Evitou break-point logo na abertura do segundo set, mas não impôs grande resistência no quinto game. Com 3/2, foi a vez de Rublev cometer muitos erros para permitir o empate, porém imediatamente recuperou a vantagem no placar em outro game de serviço fraco de Aliassime, que tinha então média de apenas 57% de primeiros saques em quadra.

Rublev no entanto vacilou ao sacar com 5/4, perdeu seis pontos seguidos e viu o adversário virar. Aliassime teria então um set-point, que desperdiçou com devolução longa, e começou muito mal o tiebreak, permitindo que o russo abrisse vantagem e concluísse a vitória com saques abertos e muito potentes.

Este foi o quarto duelo entre os dois novatos do circuito, agora com placar de 3 a 1 em favor de Rublev, que ainda neste domingo disputa a final de duplas. Os dois seguem ainda neste domingo para Dubai, onde devem estrear na terça-feira.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva