Notícias | Dia a dia
Berrettini lamenta queda, mas fala em voltar
20/02/2022 às 01h21

Berrettini foi derrotado nas quartas de final do Rio Open pelo jovem espanhol Carlos Alcaraz

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Apesar da eliminação nas quartas de final do Rio Open, o italiano Matteo Berrettini não saiu do torneio com sensações ruins. Ele lamentou o tempo ruim e a chuva que atrapalhou bastante, mas elogiou bastante a torcida e o clima que encontrou em quadra nas duas partidas que disputou, deixando em aberto a chance de voltar ao torneio no futuro.

“Foi uma semana legal jogar aqui, infelizmente o tempo não estava o melhor. Foi duro me ajustar às condições, minhas partidas pararam muitas vezes. Ontem consegui vencer e hoje não. Carlos jogou muito bem, contra ele sempre é uma boa partida e espero que da próxima vez seja para o meu lado”, falou o italiano após a derrota para o espanhol Carlos Alcaraz nas quartas de final.



“A atmosfera estava muito legal, o Rio definitivamente gosta de tênis, tive duas grandes experiências aqui. Senti hoje algumas pessoas me apoiando e são muito apaixonadas. A experiência foi boa, mas não dá para controlar o tempo. Sabia que estaria quente, mas não esperava chuva. Não digo que não voltaria, adorei jogar aqui e gosto do saibro”, complementou.

Principal favorito na chave, o italiano elogiou o desempenho de Alcaraz no duelo entre eles. “Acho que a partida foi em alto nível e acho que fui bem no segundo e terceiro sets, mas ele apenas foi melhor que eu. Estava sentindo que poderia quebrá-lo, mas foi ele que conseguiu me quebrar e mereceu a vitória.. Ele tem um dos futuros mais brilhantes no circuito”, analisou Berrettini.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva