Notícias | Dia a dia
Aliassime faz a 2ª final seguida e reencontra Rublev
19/02/2022 às 15h59

Marselha (França) - Uma semana depois de enfim conquistar seu primeiro título de nível ATP, o canadense Felix Auger-Aliassime aproveita o ótimo momento e está na final do 250 de Marselha, também sobre piso sintético coberto. Num jogo muito difícil e decidido em detalhes, o número 9 do mundo superou o russo Roman Safiullin, saído do qualificatório, por 7/6 (7-4) e 7/6 (7-5).

Seu adversário deste domingo será o mesmo que derrotou há uma semana na semi de Roterdã, o número 7 do ranking Andrey Rublev, depois que o russo superou também com trabalho o local Benjamin Bonzi, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/3. No geral, será o terceiro duelo entre eles, com vitória de Rublev nos dois anteriores.

Aos 21 anos, esta já é a décima final de primeira linha de Aliassime, que amargou oito vices seguidos. Ele tem disputado muitas decisões desde 2019, com três naquela temporada e na seguinte. Foram duas no ano passado e agora mais duas. Em caso de novo título, irá superar o norueguês Casper Ruud, que não competiu no Rio Open por contusão, e assumirá o oitavo lugar.

Três anos mais velho, Rublev já vai atrás do nono título da carreira em sua 14ª decisão, mas traz uma marca negativa que foi ter perdido suas três últimas finais. Depois de ganhar Roterdã em fevereiro, ele ficou com o vice em Monte Carlo, Halle e Cincinnati.

Os dois tiebreaks já mostram claramente o equilíbrio do duelo entre Aliassime e Safiullin, mas o russo se mostrou ainda mais perigoso. O número 163 do ranking saiu de 0/2 e ganhou quatro games seguidos, mas no 4/2 jogou muito mal com o saque. No desempate, voltou a abrir frente, com 4-1, antes de ver Aliassime ganhar seis pontos consecutivos. Os dois sacaram muito bem, com oito aces do canadense contra três.

O segundo set não viu quebras de serviço e na verdade as únicas chances foram do russo, que no oitavo game construiu quatro oportunidades sem sucesso. Desta vez, Aliassime abriu 4-1 no tiebreak, permitiu empate mas foi muito oportuno na quebra que lhe deu 6-5. O grande duelo de golpes da base terminou com 15 aces do canadense frente a 10 e ambos com boa produtividade no saque, com 79% de sucesso de Aliassime e 74% do adversário.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva