Notícias | Dia a dia
Schwartzman avança e faz semi 100% argentina
19/02/2022 às 15h57

Após sofrer para derrubar Andujar, Schwartzman enfrentará Cerundulo ainda neste sábado

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Terceiro mais bem cotado ao título, o argentino Diego Schwartzman teve trabalho para superar a primeira partida da rodada dupla deste sábado no Rio Open. Ele precisou de três sets e 3h33 para derrotar o espanhol Pablo Andujar, marcando placar final de 7/6 (7-3), 4/6 e 6/4.

Schwartzman voltará a jogar mais tarde para uma semifinal 100% argentina com Francisco Cerundolo, que também encarou um jogo de três sets, mas conseguiu concretizar a vitória contra o quali sérvio Miomir Kecmanovic em 2h19, virando com parciais de 5/7, 6/2 e 6/4.

Ainda em quadra na entrevista oficial, 'Peque' cobrou dos organizadores maior tempo de descanso, dizendo que apenas as duas horas regulamentares seria um 'absurdo' e que ele não saberia se conseguiria entrar em quadra. Acabou atendido pouco depois e o jogo contra Cerundolo está agora marcado para as 19h15.

Será a terceira vez que os dois compatriotas medirão forças no circuito, a primeira fora de Buenos Aires, onde Schwartzman levou a melhor duas vezes. No ano passado ele bateu Cerundolo em sets diretos na final, e na atual temporada buscou uma virada para superar as quartas de final.

A partida entre Schwartzman e Andujar foi marcada pelas quebras, foram ao todo 14 em 32 games disputados, com sete para cada lado. O argentino teve aproveitamento melhor do que o rival, vencendo 50% dos break-points disputados, contra 39% do espanhol.

Andujar largou na frente no primeiro set e abriu 2/0, mas não sustentou a vantagem até o fim. Schwartzman empatou em 4/4, teve três set-points no saque do rival no 12º game, não os aproveitou, mas depois levou a melhor no tiebreak e marcou 1 a 0.

Novamente o espanhol saiu vencendo os dois primeiros sets na segunda parcial, só que desta vez conseguiu manter a vantagem até o fim, ainda que tenha perdido o saque duas vezes. No terceiro e decisivo set, Schwartzman sofreu para fechar, teve quebra de frente em três momentos diferentes e só no finalzinho fez valer o favoritismo para avançar.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva