Notícias | Dia a dia
Chuva atrasa rodada no Rio e estreia de Berrettini
17/02/2022 às 22h56

Alcaraz teve jogo interrompido quando estava sacando para fechar o primeiro set

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - A chuva enfim veio com força nesta edição do Rio Open e atrapalhou toda a rodada de quinta-feira. O mau tempo interrompeu no meio a partida de segunda rodada do espanhol Carlos Alcaraz, o jogo das quartas de final de duplas do mineiro Bruno Soares e atrasou a estreia do italiano Matteo Berrettini contra o cearense Thiago Monteiro.

Já no começo da rodada, uma pausa por causa da chuva interrompera os primeiros jogos do dia, mas as partidas voltaram e o torneio seguiu. Pouco antes das 21h voltou a chover e desde então não parou mais. A jornada ainda não foi adiada e os confrontos não voltam antes das 23h30.

Duas partidas de simples conseguiram ser completadas. Na quadra central, o argentino Francisco Cerundolo se aproveitou da ausência do norueguês Casper Ruud e derrotou o espanhol Roberto Carballes, lucky-loser que entrou no lugar do cabeça de chave 2, com parciais de 6/3 e 6/2.

Classificado para as quartas de final, Cerundolo terá pela frente outro vencedor do dia, o sérvio Miomir Kecmanovic, que eliminou o italiano Lorenzo Sonego, sexto mais bem cotado no saibro carioca, com placar final de 7/5 e 6/4. O argentino e o sérvio mediram forças na semana passada em Buenos Aires, onde o tenista da casa levou a melhor em batalha de três sets.

A chuva veio bem no fim do primeiro set da partida de Alcaraz, que sacava em 5/4 para fechar a parcial contra o argentino Federico Delbonis. Também foi paralisado o confronto entre Bruno Soares/Jamie Murray e Albert Ramos/Benoit Paire, com placar de 6/3 e 1/0 para a dupla mineiro-britânica.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva