Notícias | Dia a dia
Opelka vence mais dois tiebreaks e conquista Dallas
13/02/2022 às 18h18

Opelka não teve o saque quebrado no torneio, disputou seis tiebreaks e só enfrentou um break-point na semana

Foto: Dallas Open

Dallas (EUA) - Reconhecido como um dos melhores sacadores do circuito, Reilly Opelka encerrou sua campanha no ATP 250 de Dallas vencendo mais dois tiebreaks e conquistou o título do torneio em quadras duras e cobertas. Opelka, de 24 anos e 23º do ranking, venceu um duelo norte-americano contra Jenson Brooksby por 7/6 (7-5) e 7/6 (7-3).

Opelka não perdeu sets e nem teve o serviço quebrado na campanha para o título em Dallas. Ele só enfrentou um break-point no torneio, justamente na final deste domingo, e disputou seis tiebreaks em oito sets possíveis. No último sábado, contra John Isner, jogou o tiebreak mais longo da história da ATP, e venceu por 24 a 22.

Além disso, Opelka disparou 100 aces na semana: foram 28 na estreia contra Cedrik-Marcel Stebe, 17 contra Adrian Mannarino nas quartas, 39 na semifinal contra Isner e mais 16 na final diante de Brooksby.

Este é o terceiro título de ATP na carreira de Opelka, que havia vencido torneios em Nova York em 2019 e Delray Beach no ano seguinte. O tenista de 2,11m ainda disputou a final do Masters 1000 de Toronto no ano passado. Esta foi a segunda vez que ele enfrentou Brooksby no circuito, agora com uma vitória para cada lado.

Vice-campeão em Dallas, Brooksby disputou sua segunda final de ATP. Eleito o Novato do Ano pela entidade na última temporada, o jovem jogador de 21 anos e 54º do ranking já havia alcançado uma final na grama de Newport em 2021 e disputado semifinais nas quadras duras de Washington e Antuérpia.

Diagnosticado com Covid-19 em janeiro, Brooksby não pôde disputar o Australian Open. Por conta disso, ele teve que iniciar a temporada jogando um challenger em Columbus há duas semanas.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva