Notícias | Beach Tennis
Beach: favoritos são campeões na praia do Patacho
08/02/2022 às 10h16

Michelle Cappelleti, número 1 do mundo, e o parceiro Antoni Ramos, campeões do Masculino.

Foto: Celio Jr.

Porto das Pedras (Alagoas) - Foram definidos, neste domingo, os campeões do Pure Beach, torneio de beach tennis mais sustentável do mundo, realizado na praia do Patacho, no município de Porto das Pedras, em Alagoas, com premiação total de R$ 120 mil.

O italiano Michelle Cappelleti, número 1 do mundo do Professional Beach Tennis Ranking, e o parceiro espanhol Antomi Ramos superaram na semifinal os cabeças de chave 4, os cariocas Luiz Gimpel, o Marrento, e Bruno Falcão, por 6/2 6/0 e passaram pela dupla cabeça de chave 2, formada por Alessandro Calbucci e o venezuelano Ramon Guedez, por 4/6 6/4 6/3. "Jogamos um bom beachtennis na semifinal e na final foi uma partida espetacular , demos um show. Começamos muito mal, mas voltamos para 3 a 2, só que não terminamos bem. No segundo set, conseguimos ter uma reação técnica e psicológica forte, começamos bem no terceiro set e ganhamos um game fundamental no 3 a 3 em um ponto decisivo no 40 iguais. Calbucci e Guedez jogaram uma partida fantástica, foi um nível muito alto. Estou feliz, pois é minha terceira semana seguida com o Ramos e tinha um problema físico, energia mais baixa ao chegar aqui, mas consegui resolver e mesmo não jogando nosso melhor, conseguimos o título", disse Cappelletti. "Foi um evento ótimo, o André Macena e a organização estão de parabéns. O Brazil Beach Tennis Tour continua crescendo, acredito muito nesse projeto. O evento bombou, foi tudo ótimo", elogiou.

No feminino, as campeãs mundiais, as italianas Giulia Gasparri e Ninny Valentini, derrotaram na semifinal a paulista radicada em Maceió (AL), Agatha Wanderley, filha da medalhista olímpica Ida, do vôlei de quadra, e a gaúcha Giovanna Pedrini por 7/6 (7/2) 6/1 e na final derrotaram Marília Camara, de Fortaleza (CE), e Carolina Gurgel, de Natal (RN), por duplo 6/1.

"A localização do evento é maravilhosa, organização digna de um grande torneio. É uma pena que algumas jogadoras profissionais não tenham aproveitado a oportunidade de vir", disse Gasparri.

Foram mais de 1.100 atletas na disputa da competição no profissional e no amador. A Praia de Patacho tem o selo Bandeira Azul 2021/2022, prêmio internacional ecológico para praias, marinas e embarcações de turismo. Para merecer a Bandeira Azul, o município tem que atender e manter uma lista de importantes indicadores, checados anualmente. Dentre eles, foco em  gestão  e educação ambiental, qualidade da água, segurança e serviços, turismo sustentável e responsabilidade social.

Comentários